sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Cláudia Regina e o seu modo de governar

Em 18 dias na Prefeitura de Mossoró, a prefeita Cláudia Regina (DEM) ainda não tem como ser analisada administrativamente. Até pela questão do tempo no governo. Contudo, de cara ela encontrou uma maneira de sobressair: diariamente tem cumprido agenda externa em bairros diferentes. Cláudia ainda não tem obras do seu governo em andamento, mas deixa entender que inspecionará cada serviço executado, bem como as instituições públicas. O que é algo positivo.

Nesses 18 dias, o que se destacou foi a medida tomada pela prefeita com relação ás empresas que exploram o serviço de transporte público em Mossoró. Ao ver do blog, Cláudia agiu acertadamente ao exigir o cumprimento da concessão do serviço. Por outro lado, é preciso dizer que a Prefeitura também tem que fazer a sua parte com relação à mobilidade urbana e maior controle sobre os transportes alternativos. E isso também foi assegurado pela prefeita.

Cláudia Regina mostra que segue fielmente o que propôs quando solicitou que a prefeita Fafá Rosado enviasse, no final do ano passado, projeto de reforma administrativa: as decisões são exclusivamente dela e não tem meio termo. Não se sabe, contudo, até que ponto esse fator pode ser benéfico para a administração.

É que, em toda e qualquer administração, existem notícias boas e ruins. As boas, o gestor atrai para si. Já as não tão boas, os auxiliares acabam sendo postos à prova. Mas não será assim que ocorrerá em Mossoró. A prefeita Cláudia Regina, ao que se mostra, não fará essa distinção e, seja boa ou ruim, a decisão (a que é publicizada) será dela. Algo parecido como uma gestão centralizadora, embora seus auxiliares digam o contrário.

O lado negativo - pois em tudo tem esse aspecto - é que a prefeita está "enclausurada" pelos assessores. Difícil manter contato com Cláudia Regina, diferentemente do que ocorria na pré-campanha e na campanha eleitoral propriamente dita. Seus auxiliares a deixam "presa" em uma redoma, talvez com receio de que alguma pergunta "descabida" seja feita em fora de hora. Mas o blog entende que a prefeita terá que enfrentar esse "problema" (criado, crê o blog, por alguns auxiliares), pois não é possível um administrador se comunicar com a imprensa e com a sociedade apenas por meio de release.

Nenhum comentário: