Prefeitura Municipal de Assú

quarta-feira, 19 de junho de 2024

Descumprimento de edital é motivo para cancelar concurso?

Ao que parece, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) está sendo forçada a tomar alguma atitude em relação à empresa contratada para realizar o concurso público para preenchimento de vagas para técnico de nível médio e superior, bem como para docentes. No caso específico do certame para professor, algumas demandas exigem maior atenção, sendo a principal a não observância em algo tido como crucial para o serviço público: a transparência, E complica-se ainda mais pelo fato de haver descumprimento do aditivo apresentado ao edital. Em suma, o concurso carece, e muito, de explicação.

Vamos pelo começo: O edital, primeiro, falava em prazo para questionar a composição das bancas para a correção das provas discursivas. Em aditivo, o Idecan suprimiu essa parte e obrigou a Associação dos Docentes da UERN (ADUERN) a buscar, via judicial, resposta. Foi negado. O certame, então, passou a ser do jeito que o instituto quis.

Ocorre que, diante da repercussão relativa à divulgação do resultado preliminar das provas discursivas e, logo depois, a composição da banca corretora, ficou sem sentido a existência dessa segunda informação, uma vez que os candidatos não tinham mais como questionar a formação acadêmica de quem corrigiu os textos. A UERN, então, entrou em cena e exigiu que o Idecan abrisse prazo, em novo aditivo ao edital e estipulasse novas datas, a fim de que os candidatos tivessem o direito de solicitar a impugnação da banca.

Diante do elevado número de candidatos desclassificados na prova escrita, foi feito o recurso de impugnação. E, para a surpresa geral da nação concurseira, nada mudou. O IDECAN negou todos os pedidos e publicou a lista com a lista definitiva dos aprovados.

O porém está justamente nos prazos e na resposta que o Idecan apresentou aos candidatos. Vamos pelas respostas: algumas pérolas foram ditas, como forma de garantir a razão do instituto ao contratar profissionais alheios à formação exigida no certame para a correção das provas. Vide o exemplo abaixo, de resposta a m candidato que tentou vaga para Pedagogia:


Em outras palavras, o instituto quis mudar o foco: o concurso é de uma instituição pública, mas a metodologia utilizada à contratação de corretores segue a da iniciativa privada, que, como tal, almeja o lucro pelo lucro. Pela lógica da resposta, entende-se que houve questionamento do candidato sobre a graduação da banca corretora.

E entende-se que, seguindo mais uma vez a lógica, um questionamento surge (feito em grupos de WhatApp, na área da Filosofia do Rio Grande do Norte, e que se aplica a todas as áreas do concurso): "como alguém pode estar numa banca julgadora quando não tem condições de estar na qualidade de candidato? Posso julgar algo que não sei?"

E, para tentar corroborar a decisão de negar todos os recursos, o Idecan se vale de uma resposta que parece ser descabida diante do conhecimento e fala em padrão de resposta. Como fosse ser possível, diante de um universo considerável de candidatos, todos pensarem da mesma maneira ou que também fosse possível uma única forma de escrita. E a empresa seguiu um modelo antigo de imposição intelectual, para não dizer algum adjetivo beirando o etnocentrismo, para impor alguma explicação diante do inexplicável. Sim, porque em prova subjetiva, a subjetividade vai ser a marca principal e não tem como ter um padrão. Mas, segue abaixo a ideia do instituto, enviado a um candidato:


E, esse padrão realmente está disponível no portal do candidato, com indicativo do que deveria conter na prova discursiva e mostra, ainda, a bibliografia utilizada. E é aí que tem um baita problema: a bibliografia utilizada no padrão de resposta não está contemplada na que consta do edital. Veja abaixo, primeiro, o modelo de resposta exigido pelo Idecan e, depois, o que está no edital:

Quando o candidato vai fazer o contraponto dessa informação do padrão de resposta com o edital, percebe que está tudo diferente. Ou seja: o Idecan informou uma coisa no edital e cobra outra totalmente diferente.



No caso em questão, o Idecan penalizou o candidato por ter feito a correção de sua prova com base em modelo padrão para as vagas de Pedagogia - Práticas Pedagógicas e não  de Pedagogia - Fundamentos da Educação.

Além desse problema, as datas anunciadas pelo instituto foram totalmente descumpridas. No aditivo, publicado em 11 de junho, o Idecan enfatiza que a publicação relacionada aos pedidos de impugnação seria no dia 20/06 e que a nova banca seria anunciada até 2 de julho. Pelo aditivo, o resultado final da prova discursiva sairia em 14 de agosto, conforme se vê abaixo:



Contudo, como já havia a definição do Idecan sobre a composição das bancas, até pelas respostas aos recursos dos candidatos, tudo foi antecipado e o resultado geral foi informado no dia 18/06. Ou seja, dois meses antes do que havia sido acordado com a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, caracterizando assim, aos olhos de alguns, descumprimento do edital.

Diante disso, caberá única e exclusivamente à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte se vai compactuar com tais situações e apresentar à sociedade, de maneira urgente, a melhor alternativa para o impasse que se criou. Os candidatos não são pessoas alheias ao que se passa na sociedade. E já foi provado, por A+B que, quando se age com base no lucro pelo lucro, o serviço público enfraquece. E como a UERN é pública, talvez não queira perder sua força, coragem e, acima de tudo, conhecimento que a projetaram ao patamar que chegou. Aceitar as imposições do Idecan seria apequenar a própria história.






 


terça-feira, 18 de junho de 2024

Idecan 'samba' na cara de candidatos e põe em xeque concurso da UERN


Qual o sentido de um concurso público? Efetivar o candidato que apresente condições intelectuais e, consequentemente, tenha plena condição do exercício da profissão. O processo precisa ser isonômico, obviamente, garantindo a todos e todas o devido amparo legal.

Ocorre que a correção da prova, apesar de seguir a isonomia, necessariamente não significa que a igualdade seja uniforme, uma vez que é preciso haver um ou outro candidato que se destaque. Essa seria, a priori, a regra de todo e qualquer certame. E precisaria, diante de um número elevado de postulantes à vaga pública, de uma razoável equipe corretora para garantir, consequentemente, equidade e evitar algum disparate.

Contudo, em nome de uma suposta isonomia, o IDECAN - instituto contratado para realizar o concurso da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), para docentes e técnicos - inaugura um novo modelo que seria a "nova" tendência do século XXI: um único profissional para a correção das provas para garantir o que chama de "isonomia", conforme se vê abaixo:


O instituto está brincando com os candidatos. E mais: samba na cara de todos e põe em xeque o concurso de uma instituição conceituada como a UERN. Saliente-se que, para quem é professor, impossível um peso uniforme de notas diferente do que já existe: um 10 vale 10, e por aí vai.

A manutenção de padrão para a correção quer dizer o óbvio: aquele candidato que não escreveu o que o Idecan instituiu como "padrão chave" passou a ficar, automaticamente, fora. E mais: implica dizer que só tinha uma única maneira de escrever sobre o tema. E quem escreve sabe perfeitamente que existe ene maneiras de dizer a mesma coisa.

A UERN, ao atentar para o fato de que o Idecan não garantiu aos candidatos o direito de impugnar as bancas antes da realização das provas e solicitou que um prazo fosse aberto para tal, até quis fazer o correto. Contudo, o justo pelo justo seria mesmo a anulação do certame. Pelos vícios existente e detectados antes, era para ter havido  anulação.

Certamente haverá a judicialização do concurso. E o nome que vai ter o "sarin" arrastado na pedra do mercado será o da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. O nome que arderá no famoso "mármore do inferno" não vai ser o do Idecan. E quem pagará a conta serão os candidatos que, de fato, tiveram o processo isonômico negado e, quiçá, os futuros alunos uernianos. O tempo dirá!

segunda-feira, 17 de junho de 2024

Secretário de Lidiane ataca adversários e chama vereadores de "Pilantras"

Foto que gerou a confusão

A política em Tibau está descendo a um novo nível de sujeira e desrespeito, como evidenciado pelas recentes declarações (via áudios pelo WhatsApp)  do Secretário de Obras da gestão atual, Odécio Costa.

Em um comportamento lamentável, conforme os áudios, Odécio afirma que a prefeita Lidiane Marques teria beneficiado “Babuino”, um funcionário terceirizado, com uma casa, e por tal motivo jamais era para ele ter tirar uma foto com um adversário da prefeita.

Além disso, o secretário se referiu aos vereadores Preta e Nildo Luz como "pilantras", revelando um completo desrespeito pela função legislativa e pelos representantes eleitos democraticamente.


Essas ações não apenas mancham a reputação da gestão municipal, mas também destacam um uso indevido do poder e uma tentativa de intimidar opositores.

Em vez de focar em questões administrativas e no bem-estar da população, a gestão parece preferir ataques pessoais e disputas mesquinhas.

Que, aliás, conforme o secretário da prefeita deixa claro em sua fala, é que existe a troca do benefício (a casa)  em troca de favores políticos, que seria o voto.

O mínimo que a prefeita de Tibau, Lidiane Marques deveria fazer imediatamente era exonerar o secretário de obras do cargo.

terça-feira, 11 de junho de 2024

Assú receberá premiação do evento Band Cidades Excelentes, Edição Especial Evolução


No próximo dia 18 de junho, a cidade de Assú será destaque com o Prêmio Band Cidades Excelent

es, uma iniciativa que reconhece e premia os esforços dos gestores municipais na promoção do desenvolvimento local. O anúncio da colocação na premiação acontece no prédio da FIERN, em Natal.

Em 2023, Assú se destacou ao conquistar o segundo lugar no pilar de governança, eficiência fiscal e transparência entre as cidades do Rio Grande do Norte com população entre 30 mil e 100 mil habitantes. Essa posição reflete o compromisso da cidade com a melhoria contínua da gestão e o bem-estar de seus cidadãos.


Este ano, a premiação especial "Evolução" analisará o desempenho das iniciativas implementadas ao longo dos últimos quatro anos, visando premiar aqueles que apresentaram o melhor crescimento desde o lançamento do prêmio, em 2021.


O evento é uma parceria Grupo Bandeirantes de Comunicação e o Instituto Aquila, com o objetivo de transformar a realidade das cidades brasileiras. A avaliação é feita através do Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), que utiliza conceitos de big data para reunir as informações públicas mais atualizadas, incluindo os programas enviados pelas prefeituras por meio do site oficial.

 

Audiência Pública discute medidas para melhorar segurança em Serra do Mel

Uma audiência pública realizada na Câmara Municipal de Serra do Mel reuniu autoridades e moradores para discutir a segurança do município. A iniciativa, promovida pelo legislativo local, teve como objetivo principal debater e aprimorar as estratégias de segurança na região.

O evento contou com a presença do Tenente-Coronel Andrelino, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar, em Mossoró, que destacou a importância de ações coordenadas entre a polícia e a comunidade para garantir a tranquilidade dos cidadãos.


Durante a audiência, o prefeito Josivan Bibiano anunciou um importante avanço para a segurança local: o município iniciou o processo de licitação para a instalação de câmeras de monitoramento. 


O projeto prevê a cobertura não apenas do centro da cidade, mas também de todas as vilas, ampliando significativamente a capacidade de vigilância e prevenção de crimes.


Além disso, outros pontos de melhoria na segurança foram discutidos, e a gestão municipal se comprometeu a encaminhar as propostas apresentadas durante a audiência para implementação.


O prefeito também destacou a existência de um convênio entre o município e a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social. 


Esse acordo garante recursos essenciais para a segurança local, incluindo alimentação, melhorias no prédio da delegacia e diárias operacionais para as polícias civil e militar.


A audiência pública reforçou o compromisso das autoridades locais em trabalhar de forma integrada com as forças de segurança e a comunidade para construir um ambiente mais seguro para todos os moradores de Serra do Mel.

Prefeitura de Assú e TCM de Mossoró discutem transmissão do São João 2024: Preservando uma Tradição de 298 Anos

A segunda-feira começou com reunião para a gestão administrativa da Prefeitura de Assú. Estivemos na TCM de Mossoró para discutir a transmissão do São João do Assú 2024.

Com 298 anos, o evento é um marco cultural no RN, e sua transmissão é essencial para mostrar essa tradição para milhares de espectadores através de uma transmissão competente e adequada.


O São João é a festa do povo assuense, que reúne famílias em torno da nossa cultura e fé no nosso santo padroeiro.


Estiveram presentes na reunião o prefeito Gustavo Gostares, o secretário de eventos Marcos Henrique e a equipe da TCM.

Sala do Empreendedor da Serra do Mel promove palestra sobre formalização do MEI

A Sala do Empreendedor em parceria com a Prefeitura Municipal da Serra do Mel, por meio da Secretaria de Agricultura, realizou palestra dedicada ao empreendedorismo local em celebração à Semana do MEI (Microempreendedor Individual). 

O evento teve como foco principal a formalização do MEI, com o intuito de capacitar e informar os empreendedores do município sobre os procedimentos necessários para se tornarem Microempreendedores Individuais.


A palestra, intitulada "Formalização do MEI", foi ministrada por Marcione Fernandes, especialista na área, que compartilhou com os participantes informações valiosas sobre os benefícios e obrigações de se tornar um MEI.


Durante a apresentação, foram abordados tópicos importantes, como os requisitos para a formalização, os tipos de atividades permitidas, as vantagens de se tornar um MEI e as responsabilidades fiscais e legais que acompanham essa modalidade de empreendedorismo.

Um dos pontos destacados durante a palestra foi a importância da formalização para o crescimento e sustentabilidade dos negócios locais. 


A iniciativa da Sala do Empreendedor e da Prefeitura Municipal da Serra do Mel em promover essa palestra demonstra o compromisso com o apoio e fomento ao empreendedorismo local.

Conciliação: TRT-RN movimenta R$ 136 milhões e tem o 5º melhor resultado do país

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) está em primeiro lugar no ranking dos TRTs de pequeno porte em valores conciliados, com mais de R$ 136 milhões, durante a 8ª Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que ocorreu entre os dias 20 a 24 maio.

Com esse total, o TRT-RN fica na posição de 5ª lugar entre todos os 23 Tribunais que participaram da Semana de Conciliação. Ao todo, o TRT-RN atendeu mais de 10 mil pessoas durante esse período. O resultado parcial foi divulgado nesta segunda-feira (27).


Já os CEJUSCs (Centros Judiciários de Solução de Conflitos) de Natal e Mossoró ficaram em primeiro lugar no ranking geral do país, com mais de R$ 107 milhões conciliados, superando grandes estados como os de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.


Outro ponto importante para o RN foi que as Varas do Trabalho do Estado, somadas, ficaram em 8º lugar no país em valores conciliados, com R$ 16 milhões, o que coloca o regional em primeiro lugar entre os TRTs de pequeno porte.


O TRT-RN ainda arrecadou R$ 8,5 milhões para a Previdência Social e R$ 4,5 milhões para o imposto de renda.


A Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), teve como slogan deste ano “É conciliando que a gente se entende”.

Prefeito de Assú se reúne com a Caixa Econômica para fortalecer parcerias


O prefeito Gustavo Soares, a secretária de Finanças Luciana Soares e a consultora Contábil Ceiça Bezerra receberam no gabinete a gerente geral da agência de Assú, Suyanne Prachedes; o gerente de carteira de pessoa física Arildo Júnior; o superintendente de governo da Caixa, Wilson Chavier; e o gerente de carteira PJ, Allan Garcia Barroca.

A reunião teve como objetivo buscar novas parcerias e benefícios para o município. Assú já conta com diversas parcerias que trazem benefícios à cidade, em especial com a Caixa Econômica.

Reforma de UBS tem continuidade em Morada Nova


A gestão municipal de Assú uma visita às obras de reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) Celina Araújo Bezerra, localizada na comunidade de Morada Nova.

A iniciativa, que representa um investimento de aproximadamente 170 mil reais, é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Assú e a CYMI, empresa que atua na concessão e construção de linhas de transmissão de energia e subestações, além de emenda parlamentar da vereadora Delkiza Cavalcanti. O prefeito Gustavo Soares e a equipe da administração municipal participaram da visita técnica.

Enquanto a reforma está em andamento, a UBS Celina Araújo Bezerra está temporariamente funcionando no mesmo prédio da UBS Parati, que possui porte 2 e consegue acomodar adequadamente as duas equipes de atendimento.


A gestão também oferece serviços de atendimento domiciliar para àqueles que precisam do transporte até a UBS Parati.


A reforma da UBS Celina Araújo Bezerra tem um prazo de entrega de 60 dias. A reforma trará benefícios aos moradores, proporcionando uma melhor estrutura física e qualidade no atendimento.

Serra do Mel realiza Escuta Pública para Plano de Recursos da Lei Aldir Blanc

Agentes culturais de Serra do Mel participaram da Escuta Pública para a construção do Plano Anual de Aplicação dos Recursos (PAAR) da Política Nacional Aldir Blanc (PNAB). 

O objetivo foi definir prioridades para o uso dos recursos destinados ao fomento da cultura local, conforme a Lei nº 14.399.


O PAAR é importante para a PNAB, estabelecendo metas e ações que financiam projetos culturais, reformas, e manutenção de espaços culturais. A Escuta Pública reuniu artistas, gestores e líderes comunitários para debater propostas e necessidades.


As sugestões incluem apoio a projetos de inclusão social, diversidade cultural e capacitação de novos talentos.


Com as contribuições coletadas, a Secretaria de Cultura de Serra do Mel irá elaborar o PAAR, com a expectativa de apresentar o plano final nos próximos meses. A iniciativa visa fortalecer a cultura

Prefeitura de Assú visita obra de pavimentação na Rua Vigário de Mesquita, no Frutilândia


A Prefeitura de Assú continua seu trabalho de melhoria na infraestrutura urbana com a pavimentação da rua Vigário de Mesquita, no bairro Frutilândia. A obra, que cobre mais de 1.300 metros quadrados, conta com um investimento de R$ 236 mil, oriundo dos recursos do FINISA.

Durante a visita ao local, o prefeito Gustavo Soares destacou a importância desse projeto para a comunidade. "Estamos empenhados em proporcionar melhores condições de mobilidade e qualidade de vida para os moradores. Com esta obra, já pavimentamos 20 ruas no Frutilândia, além do asfalto na Rua Madre Cristina Vlastinick", afirmou o prefeito.


Além da pavimentação, o bairro Frutilândia também já recebeu outras melhorias que fortalecem a infraestrutura local, como uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS), iluminação de LED e novas barracas para a feira livre, reforçando o compromisso da administração municipal.

segunda-feira, 3 de junho de 2024

Falta transparência no concurso da Prefeitura de Mossoró

O concurso da Prefeitura de Mossoró para a Educação começa a levantar suspeitas de, digamos assim, aspectos nada convencionais para se projetar um certame que mexe com a vida de muitos candidatos. E o problema maior diz respeito à falta de transparência por parte da empresa contratada para projetar o ato. Tudo porque, em se tratando de concurso público, é natural que haja publicização de todos os atos e listas para que, como se trata de algo efetivamente público, a sociedade possa estar ciente do que se passa.

Mas não é bem assim que a coisa está fluindo. O IDECAN, contratado pela Prefeitura de Mossoró para cuidar do concurso, está pecando justamente onde não deveria, que é a transparência. Muitos candidatos que tentam uma vaga na Educação estão com seus perfis como "ausente" e "desclassificado", sendo que na última lista publicada pela empresa, que é a oficial, consta a relação de todos como classificados.

E quando o candidato vai no site do IDECAN e fala com algum funcionário do setor de atendimento, fica no vácuo, conforme se percebe abaixo. Simplesmente o atendente deixou o candidato sem resposta e falando sozinho:



Em outras palavras, fica evidente, para quem busca quaisquer informações, que as deliberações sobre classificáveis para a fase seguinte estão sendo tomadas de maneira não tão clara e, evidentemente, abre brecha para questionamentos. Até para o fato de que a lista final, realmente, esteja sendo definida em algum quintal.




quarta-feira, 29 de maio de 2024

Prefeitura de Assú divulga programação dos festejos juninos


Luan Santana, Bell Marques, Leo Santana, Xand, Matheus e Kauan, Felipe Amorim, Nattan e Leonardo são atrações confirmadas do São João do Assú 2024

A Prefeitura de Assú divulga, nesta quarta-feira (29), sua nova programação para o São João 2024, destacando a presença de grandes nomes como Luan Santana, Bell Marques, Leo Santana, Xand, Matheus e Kauan, Felipe Amorim, Nattan e Leonardo.

A organização do evento destaca que manterá sua essência e grandiosidade. O São João do Assú, o mais antigo do mundo, continua a ser um dos eventos mais esperados, reunindo grandes nomes nacionais e locais.

Aliado a isso, contamos com mais de 40 artistas locais que se apresentarão entre 18 de maio e 7 de julho, reforçando o compromisso com a cultura local. O São João do Assú é reconhecido como um dos maiores do Brasil, atraindo milhares de pessoas todos os anos para celebrar a cultura, a fé e a tradição da região.

População e turistas podem esperar uma celebração vibrante e memorável, preservando a rica tradição do São João do Assú.

Confira a programação

 14 A 24 DE JUNHO - POLO BURACO DO PREFEITO

-14 DE JUNHO

Xand Avião

Samba A7

Taty Girl

-15 DE JUNHO

Circuito Musical

Xodó Nordestino

Eric Land

Rafinha no Comando

-16 DE JUNHO

Leo Santana

Nuzio Medeiros

Thúlio Milionário

-18 DE JUNHO

Calcinha Preta

Toca do Vale

Nattan

-19 DE JUNHO

Bell Marques

Matheus & Kauan

Luan Estilizado

-20 DE JUNHO

Raí Saia Rodada

Luan Santana

Felipe Amorim

-21 DE JUNHO

Almir Swingado

Samyra Show

Werck Mendes

-22 DE JUNHO

Fadja Lourena

Zé Cantor

Arnaldinho Netto

-23 DE JUNHO

Art do Samba

Raynel Guedes

Amanda e Ruama

-24 DE JUNHO

Padre Nunes

Felipe Alcântara

Leonardo

Forró emoções

02 DE JUNHO - POLO FORRÓ NO RIO

Juninho Souza

Na Pegada do Tiaguinho

06 DE JUNHO - 1° DIA DE APRESENTAÇÃO DO ESPETÁCULO DO ALTO DE SÃO JOÃO BATISTA;

06 DE JUNHO - JANTAR DE SÃO JOÃO BATISTA COM BAILE DO RENCONTRO;

Play nas antigas

Orquestra Super Oara

07 DE JUNHO 2° DIA DE APRESENTAÇÃO DO ESPETÁCULO DO AUTO DE SÃO JOÃO BATISTA

Logo após - Artoni Gleibson e Banda

08 DE JUNHO - 3° DIA DE APRESENTAÇÃO DO ESPETÁCULO DO AUTO DE SÃO JOÃO BATISTA

Logo após - Jota B Show

09 DE JUNHO 3° ECO PEDAL DE SÃO JOÃO BATISTA

Matheus Santos e Banda

11 DE JUNHO - APRESENTAÇÃO DE QUADRILHAS DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO

A Furiosa do Vale

12 DE JUNHO - APRESENTAÇÃO DE QUADRILHAS DAS ESCOLAS PARTICULARES

Day Martinelle

POLO ARRAÍA NO CENTRO COMERCIAL

-14 DE JUNHO

Wagner Silva

Patrício Junior

-15 DE JUNHO

Forró A3 e Baixinho do acordeom

Cabral Camarada

-22 DE JUNHO

Ed show

Doutorzinho do Forró e Banda

15 DE JUNHO - CAFÉ COM EDUCAÇÃO

Chiquinho do Acordeom e Forró Flor do Vale

15 DE JUNHO - POLO FORRÓ NO BECO

Banda Chamego do Amor

Erildo dos Teclados

16 DE JUNHO - LEILÃO DE SÃO JOÃO

Agostinho e Trio Forró Pesado

17 DE JUNHO - APRESENTAÇÃO DAS QUADRILHAS TRADICIONAIS

Ginna Lopes e Gilmar do Acordeon

23 DE JUNHO - 23º JOGOS DA AMIZADE

Forró Pegada de Aço

23 DE JUNHO - ALMOÇO DE SÃO JOÃO BATISTA

Nelsinho Show e Banda

Banda Feras

Forró da Tradição

POLO FORRÓ DO TURISTA

-15 DE JUNHO

Agostinho e Trio Forró Pesado

 -16 DE JUNHO

Forrozão Tome Peia

-21 DE JUNHO

Chiquinho do Acordeon

-22 DE JUNHO

Nelton Forrozeiro

-24 DE JUNHO

Paulinho do Sax

02 DE JUNHO -  ALMOÇO DE SANTO ANTÔNIO DA LAGOA DO FERREIRO DE FORA

Radija Guimarães e Banda

Chrys & Elly

09 DE JUNHO – CAVALGADA E ALMOÇO DE SANTO ANTÔNIO

Acho é Pouco

Briolla

Almir Swingado 

29 DE JUNHO - JANTAR DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Chiely Lopes e Banda

07 DE JUNHO - ALMOÇO DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Os Garotões do Forró

Forró dos 3

Josy Farra

sexta-feira, 24 de maio de 2024

Troca de secretários expõe conflitos na gestão de Lidiane

No dia 5 de março de 2024, a prefeita de Tibau, Lidiane Marques (UB), anunciou via Instagram a nomeação de Rodolfo Nolasco como novo secretário de Turismo, substituindo Madilene Felix. Madilene, que estava à frente da pasta há quase três anos e vinha realizando um trabalho reconhecido, foi abruptamente removida para dar lugar a Rodolfo, em um movimento que parece ter sido impulsionado pelo apoio político da família Nolasco à reeleição da prefeita.

A nomeação de Rodolfo, no entanto, durou apenas três meses. Mas que seria apenas um, pois, em 5 de abril, ele pediu exoneração, expressando insatisfação com a gestão municipal.

Segundo uma fonte próxima a Rodolfo, ele relatou que seus projetos eram constantemente barrados pelo namorado da prefeita, que supostamente exerce uma influência decisiva sobre as decisões administrativas.


A dúvida estaria em torno sobre quem, definitivamente, estaria dando as cartas na Prefeitura de Tibau.

A exoneração de Rodolfo foi oficializada nesta quarta-feira, 22 de maio, levantando questões sobre a estabilidade e a verdadeira liderança dentro da administração de Tibau.

Em um desfecho irônico, Madilene Felix foi reempossada como secretária de Turismo, conforme publicação no Diário Oficial desta quinta-feira, 23 de maio.


A volta de Madilene levanta especulações sobre a natureza das decisões políticas no município. Será que sua reinstalação é apenas temporária até que novos acordos políticos sejam firmados?

Este episódio expõe as fragilidades e os conflitos internos na administração de Lidiane Marques, revelando um cenário de instabilidade e possíveis ingerências externas na gestão pública.

A substituição abrupta de secretários, motivada por interesses políticos, e a falta de autonomia da prefeita, como alegado por Rodolfo, são sinais preocupantes para a governança de Tibau.