terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O apoio que se evidencia vem de antes

A quem a prefeita eleita Cláudia Regina (DEM) vai prestigiar à presidência da Câmara Municipal de Mossoró? Perguntinha que cai bem agora, a partir da definição pelo vereador eleito Alex Moacir, pelo PMDB, para disputar o comando da Casa com o atual presidente, Francisco José da Silveira Júnior (PSD). A especulação evidencia que Cláudia estaria propensa a ser favorável à permanência de Silveira, já que, enquanto vereadora, votou pela reformulação do Regimento Interno que garantiria a manutenção de Silveira.

Alex Moacir, por outro lado, já disse que a prefeita eleita havia afirmado que o voto dela se voltou para "questões futuras". Pela resolução aprovada em 2010, o atual presidente não poderia disputar e somente estaria apto ao biênio 2015/2016.

Aí cabe uma pergunta: se Alex Moacir está afirmando que a base aliada passa a contar com um candidato ao comando da Casa, Silveira não estaria tão próximo do Palácio da Resistência?

A resposta vem nos apoios já externados pró-Silveira. O PV já oficializou que votará em bloco na manutenção do atual presidente. Assim como os vereadores do Democratas. São cinco votos de vereadores ligados à prefeita eleita. Não se imagina que a decisão deles tenha sido externada sem que houvesse aval ou sinalização de Cláudia Regina.

Além disso, percebe-se claramente que o apoio que está sendo dispensado agora à manutenção de Silveira pode ser fruto de algo não tão recente. Silveira passou a campanha eleitoral passada na oposição, não participou da construção de alianças que se aglutinou em torno de Cláudia Regina e agora, do nada, tem todo o respaldo - ao que parece - para permanecer na função.

Entende-se que teria havido entendimento bem antes. É o que se evidencia.


Nenhum comentário: