Prefeitura Municipal de Assú

sexta-feira, 24 de maio de 2024

Troca de secretários expõe conflitos na gestão de Lidiane

No dia 5 de março de 2024, a prefeita de Tibau, Lidiane Marques (UB), anunciou via Instagram a nomeação de Rodolfo Nolasco como novo secretário de Turismo, substituindo Madilene Felix. Madilene, que estava à frente da pasta há quase três anos e vinha realizando um trabalho reconhecido, foi abruptamente removida para dar lugar a Rodolfo, em um movimento que parece ter sido impulsionado pelo apoio político da família Nolasco à reeleição da prefeita.

A nomeação de Rodolfo, no entanto, durou apenas três meses. Mas que seria apenas um, pois, em 5 de abril, ele pediu exoneração, expressando insatisfação com a gestão municipal.

Segundo uma fonte próxima a Rodolfo, ele relatou que seus projetos eram constantemente barrados pelo namorado da prefeita, que supostamente exerce uma influência decisiva sobre as decisões administrativas.


A dúvida estaria em torno sobre quem, definitivamente, estaria dando as cartas na Prefeitura de Tibau.

A exoneração de Rodolfo foi oficializada nesta quarta-feira, 22 de maio, levantando questões sobre a estabilidade e a verdadeira liderança dentro da administração de Tibau.

Em um desfecho irônico, Madilene Felix foi reempossada como secretária de Turismo, conforme publicação no Diário Oficial desta quinta-feira, 23 de maio.


A volta de Madilene levanta especulações sobre a natureza das decisões políticas no município. Será que sua reinstalação é apenas temporária até que novos acordos políticos sejam firmados?

Este episódio expõe as fragilidades e os conflitos internos na administração de Lidiane Marques, revelando um cenário de instabilidade e possíveis ingerências externas na gestão pública.

A substituição abrupta de secretários, motivada por interesses políticos, e a falta de autonomia da prefeita, como alegado por Rodolfo, são sinais preocupantes para a governança de Tibau.

Nenhum comentário: