Prefeitura Municipal de Assú

sábado, 3 de fevereiro de 2024

Saúde de Tibau sai de 50 para 130 no ranking estadual

A saúde pública do município de Tibau, antes elogiada e referência para outras cidades do Rio Grande do Norte, enfrenta um cenário de declínio preocupante.

Antes reconhecida pela qualidade de seus serviços e até mesmo procurada por cidadãos de outros municípios em busca de atendimento, a realidade atual é sombria e contrastante.

De acordo com o resultado do Previne Brasil, divulgado pelo Ministério da Saúde em 31 de janeiro de 2024, Tibau apresenta uma queda significativa em seu desempenho na área da saúde.

Para se ter ideia da queda, em 2020 a prefeita Lidiane Marques pegou o município com  posição 50 no ranking estadual e, sabe-se lá o que foi feito (o tibauense, obviamente, sente na pele o retrocesso) e está, atualmente, muito atrás no levantamento feito com base no exercício 2023.

O município despencou para a 130ª posição entre os 167 municípios do Rio Grande do Norte, conforme o referido relatório.

O que antes era um sistema reconhecido por sua eficiência e qualidade no atendimento, hoje se vê mergulhado em desafios e deficiências estruturais.

A população de Tibau, que contava com um serviço de saúde confiável, agora enfrenta dificuldades crescentes para acessar cuidados médicos adequados.

É crucial que medidas urgentes sejam tomadas para reverter esse quadro e garantir o acesso universal e digno à saúde para todos os cidadãos de Tibau e região.

As informações poder ser acessados no link abaixo:

https://italorodrigo.com.br/resultado-previne-brasil-q3-2023/

Nenhum comentário: