sexta-feira, 29 de abril de 2011

Secretário reafirma pré-candidatura


Secretário Francisco Carlos: “Não descarto essa possibilidade”


Apesar das declarações da governadora Rosalba Ciarlini e do presidente municipal do Democratas, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, de que o DEM terá candidato à Prefeitura de Mossoró em 2012, o secretário municipal da Cidadania, Francisco Carlos (PV), continua firme no propósito de concretizar seu projeto político: entrar na disputa pelo Executivo mossoroense.

O PV é aliado no plano local do DEM e esse fator, em tese, facilitaria a ascensão do secretário à condição de candidato. Contudo, com as afirmações de Rosalba e de Carlos Augusto, a alternativa para o secretário seria sair do PV e se filiar ao Democratas. É uma possibilidade que o próprio Francisco Carlos não descarta.

Segundo Francisco Carlos, não há como definir essa possibilidade agora. Até porque, disse, as lideranças políticas não se manifestaram sobre o tema. “Não descarto essa possibilidade e reafirmo a disposição de continuar trabalhando a pré-candidatura, aguardando a posição da população”, afirmou.

Enquanto essa definição não sai, o dirigente partidário disse que intensificará o fortalecimento do PV para as eleições de 2012, visando, especificamente, à chapa proporcional.

Nesse sentido, a meta do PV, segundo Francisco Carlos, é sair com 20 candidatos à Câmara Municipal. Disse que, diante do aumento do número de vagas no Legislativo municipal de 12 para 21, o Partido Verde chegará com chance de eleger dois vereadores.

“Na campanha passada (em 2008), saímos com apenas um candidato (à Câmara Municipal de Mossoró). Acabei assumindo o partido nos últimos dias e não deu tempo para trabalhar. Agora estamos fazendo um bom trabalho”, disse.

Ainda segundo Francisco Carlos, existe um bom número de pessoas interessadas em sair candidatas à Câmara pelo PV. “Tenho um papel a desenvolver, mas isso não impede que qualquer posição que eu possa tomar, esse trabalho possa ser interrompido. O PV está forte e com chances de eleger vereadores”, afirmou.


DEM e PMDB também têm nomes para 2012

O nome do secretário Francisco Carlos passou a ser visto como alternativa do grupo governista à sucessão municipal depois que ele chamou para si a responsabilidade de dar respostas às críticas e acusações feitas pela oposição.

De 2009 para cá, o secretário tem sido uma espécie de porta-voz do Executivo, principalmente no que diz respeito aos assuntos da saúde pública municipal.

A questão é que ele não está isolado no processo de escolha do candidato à sucessão da prefeita Fafá Rosado (DEM). O também secretário Alex Moacir (PMDB) vem sendo propagado como a opção peemedebista ao Executivo mossoroense.

Nesse sentido, a presidenta da comissão provisória da legenda, ex-vereadora Izabel Montenegro, já conversou com o ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho (PMDB), e aguarda audiência com o presidente estadual da legenda, deputado federal Henrique Eduardo Alves. Somando-se aos secretários estão os vereadores Cláudia Regina (DEM) e Chico da Prefeitura, também do Democratas.

Nenhum comentário: