sexta-feira, 15 de março de 2013

De modelito verde, Fafá Rosado admite conversas com o PMDB

O modelito usado pela ex-prefeita Fafá Rosado (DEM) na manhã desta sexta-feira, 15, na sessão solene da Câmara Municipal de Mossoró em homenagem às mulheres, chamou a atenção. Não pela grife, e sim pelas especulações que rondam o seu nome e prováveis convites para retornar ao PMDB. Ao blog, Fafá disse que a escolha da cor do vestido foi mera coincidência. Ela confirmou que manteve conversas com o ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho (PMDB).

Mas as conversas, as quais se devem aprofundar, não se restringem apenas ao PMDB. "Outros partidos também têm interesse em conversar", afirmou a ex-prefeita, preferindo não nominar as legendas. Contudo, coube ao seu marido, deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM), quebrar o mistério. Além do PMDB, os partidos que têm interesse no passe político da ex-prefeita de Mossoró são o PMN, PP e PV.

Fafá Rosado não nega que existem conversas, mas frisou que não existem motivos para sair do DEM e que qualquer decisão política que venha a tomar será em comum acordo com os líderes do Democratas: senador José Agripino Maia, a governadora Rosalba Ciarlini e o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado.

A ex-prefeita ressaltou que não trabalha com a possibilidade de candidatura à Assembleia Legislativa e que quer que o marido seja candidato à reeleição. "Ele está fazendo um bom trabalho", disse, acrescentando que outras possibilidades estão em aberto. Ela não citou, mas deixou entender que se trata de uma postulação á Câmara Federal, vice-governadoria ou na composição da chapa ao Senado Federal.

Mais detalhes na edição impressa do JORNAL DE FATO deste sábado.

Nenhum comentário: