segunda-feira, 2 de julho de 2012

Campanha começa mesmo em agosto

As convenções que oficializaram candidaturas em Mossoró, sábado passado, não trouxeram surpresas. Os discursos das candidatas Cláudia Regina (DEM) e Larissa Rosado (PSB) focalizaram em algo que já se sabia. A primeira, pela união do grupo e de agradecimento aos seus líderes e à militância. Apregoou que o eleitor e o seu partido não se arrependerão. Do lado oposicionista, também algo que já se esperava: discursos inflamados e pregando a mudança.

Pelo que se viu, a grande novidade da campanha eleitoral ainda não se apresentou. E, evidentemente, nem podia ser assim. A campanha será iniciada, pra valer, no dia 6 próximo. É nas ruas, no contato com o eleitor, que quadros tendem a mudar. Ou não.

Em agosto a coisa tende a pegar fogo: é quando a propaganda será permitida. Na TV, rádio e internet. Todos os candidatos poderão mudar cenários e, quem sabe, se consolidar na preferência do eleitor. Até isso acontecer, as equipes que cuidam do marketing terão muito trabalho a executar. Vencerá quem melhor se comunicar com o eleitor.

Nenhum comentário: