sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Mensagem anual mostrará norte da gestão Cláudia Regina

O primeiro mês de administração da prefeita Cláudia Regima (DEM), em Mossoró (completo nesta sexta-feira), evidenciou que ela não seguirá os padrões de gestões anteriores. Ela já esteve nas ruas, determinou ações enérgicas, mas falta a definição das prioridades. E esta virá no próximo dia 15, quando ela fará a tradicional leitura da mensagem anual na Câmara Municipal, abrindo os trabalhos legislativos. A partir dessa leitura é que Cláudia mostrará como, de fato, agirá em áreas específicas como saúde e educação.

E também será a partir da leitura de mensagem anual que a prefeita terá como mexer no Orçamento Geral do Município (OGM), que prevê uso em torno de R$ 550 milhões ao longo do ano. Até aqui a prefeita não teve como anunciar grandes ações. Até por conta do entrave burocrático relacionado ao orçamento.

Outra leitura que virá no dia 15 será a sistematização política do governo Cláudia Regina, do relacionamento que terá com a Câmara Municipal. Ela terá, obrigatoriamente, que apontar um líder para comandar a bancada. Caberá a este vereador o papel de defender o governo no Legislativo, bem como liderar os demais parlamentares da base em favor de projetos e matérias de interesse do Executivo. Isso não quer dizer que seja algo relacionado à subserviência. É praxe e todo Legislativo tem um líder de governo.

Tomadas essas decisões, a prefeita Cláudia Regina poderá, efetivamente, mostrar trabalho. E isto ela tem muito a fazer. A começar pela questão da mobilidade urbana, área na qual ela já evidenciou interesse ao cobrar das empresas que atuam no transporte público maior atenção aos usuários do serviço. Agora falta o Executivo fazer a sua parte: estruturar a cidade. E a prefeita tem, como se diz, "corrido atrás do prejuízo" para resolver a questão.

Agora é aguardar o dia 15 chegar para sabermos quais os nortes que a prefeita seguirá a partir da sua mensagem na Câmara Municipal.

Nenhum comentário: