quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Falta d'água, calor e sofrimento

Ai de nós, mortais, se não chover! A temperatura está mais do que quente. Queima até os neurônios. A última reunião dos meteorologistas, em outubro passado em Campina Grande/PB, as informações passadas não foram nada alvissareiras. Agora, em Fortaleza, mais um encontro está acontecendo e se terá, até o final da semana, mais uma análise.

Caso não sejam boas as previsões, estamos lascados. Até parece que determinada candidata à Prefeitura de Mossoró estava prevendo o pior quando propôs instalação de centrais de ar nas paradas de ônibus da cidade.

O tempo fica nublado, mas não cai uma gotinha de chuva. Para complicar a situação, bairros inteiros enfrentam problemas no abastecimento d'água, o que obriga o cidadão a racionalizar, ao máximo, o consumo do produto. Um sofrimento só.

Nenhum comentário: