quinta-feira, 14 de julho de 2011

Alex Moacir é o nome da vez do PMDB

Sequenciando a análise que o blog iniciou sobre os nomes postos à sucessão da prefeita Fafá Rosado (DEM), hoje é a vez do secretário municipal de Serviços Públicos, Alex Moacir (PMDB). Apesar de ser visto como nome novo no cenário político mossoroense, Alex tem experiência em campanhas eleitorais. Sabe onde e como pisar, bem como a quem procurar suporte político.

Nesse sentido, o projeto do PMDB mossoroense passa, necessariamente, por uma decisão do presidente estadual da legenda, deputado federal Henrique Eduardo Alves, e do ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho (PMDB). Os dois já sinalizaram positivamente para o projeto de Alex Moacir.

A questão, contudo, tem um obstáculo: o fato de Alex ser do PMDB. O Democratas já avisou que terá candidato próprio em 2012. O que Alex Moacir precisa fazer - e está nesse processo - é buscar a viabilidade política.

O primeiro passo já foi dado: o PMDB integra o grupo governista. Seria um bom começo. O outro passo requer maior segurança: a viabilidade política. Alex Moacir sabe que um projeto dessa envergadura requer substância eleitoral e, principalmente, suporte político. O segundo item ele já teria, pois encontraria esse peso no apoio do ministro Garibaldi Filho e no deputado federal Henrique Eduardo Alves.

O problema maior de Alex Moacir é que ele é visto como desconhecido da maioria da população mossoroense. Seria, em tese, um impedimento que poderia provocar rachadura no projeto para a chapa majoritária, especificamente em uma candidatura à Prefeitura de Mossoró.

Por outro lado, pessoas que conhecem o secretário reconhecem seu potencial para o trabalho, e não é à toa que a limpeza pública de Mossoró figura em um dos serviços com melhor aprovação popular. Seria, talvez, algo que Alex Moacir pudesse trabalhar melhor e atrelar esse aspecto ao seu marketing pessoal.

Aliado a esse fator, tem o fato de contar a seu favor com o apoio de um ministro e de um deputado federal. Pode parecer pouco valor, mas o fato de Garibaldi Filho e de Henrique - se por ventura o PMDB se mantiver interessado em estar na chapa majotirária - continuarem manifestando interesse nesse projeto, certamente Alex Moacir emplacará seu nome. Se o grupo governista aceitará, isso é uma outra história, pois depende de muita conversa política que envolve a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e a própria prefeita Fafá Rosado.

O certo é que, como tem afirmado a presidente da comissão provisória do partido em Mossoró, o PMDB não quer ser esteira para outros partidos. A meta é ocupar espaços maiores. Uma candidatura a prefeito depende de grandes entendimentos e de uma maior viabilidaded política, mas o PMDB tem tudo para emplacar Alex Moacir como candidato a vice na chapa governista.

Nenhum comentário: