quinta-feira, 24 de março de 2011

“PMDB precisa ocupar seus espaços”

Com as especulações relacionadas a nomes à Prefeitura de Mossoró nas eleições de 2012, tanto do grupo governista quanto da oposição, as agremiações partidárias começam a se movimentar com vistas à aglutinação de apoios ou abrir diálogo sobre composições. A comissão provisória do PMDB é um exemplo, presidida pela ex-vereadora Izabel Montenegro.

Ela afirmou ontem que marcará uma conversa com o presidente estadual da legenda, deputado federal Henrique Eduardo Alves, bem como com o ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho. O intuito é projetar o PMDB para 2012. “O PMDB de Mossoró tem que organizar seu diretório. O presidente (Henrique Alves) afirmou que o partido deve mostrar a cara nas maiores cidades”, comentou.

A decisão de Izabel Montenegro sobre a conversa com a executiva estadual do partido se deve ao fato de ter sido procurada, recentemente, pelo secretário municipal de Serviços Públicos, Alex Moacir (PMDB), que quis saber a posição do partido acerca das eleições do próximo ano. Diante disso, e da projeção anunciada por Henrique Eduardo Alves, ela frisou que a tendência é o PMDB reivindicar espaços de maiores visibilidades nas próximas eleições.

No caso de Mossoró, a presidenta da comissão provisória foi enfática: “O partido só não quer o mesmo projeto.” Ela se referiu à ausência do PMDB na chapa majoritária e que, diante da nova percepção política e do fato de o partido estar em evidência (com a ascensão de Michel Temer à vice-presidência da República), a legenda não quer apenas servir de escada.

“O DEM é um grande aliado, mas o PMDB não pode só marcar esteiras. Não se pode aceitar que se tenha, em 2012, uma chapa puro sangue, do DEM com o DEM (para prefeito e vice-prefeito)”, disse. Izabel Montenegro acrescentou que a primeira medida é organizar o diretório municipal e realizar campanha para novos filiados. Isso depois da conversa que pretende ter com Henrique Alves e Garibaldi Filho.

Nessa linha de raciocínio, e pelo fato de o ministro Garibaldi Alves ter afirmado que o PMDB deverá ter candidato próprio à Prefeitura de Natal, a presidenta da comissão provisória entende que o mesmo quadro pode se apresentar também em Mossoró. “O PMDB precisa recuperar seus espaços”, afirmou.

NOME

O desejo do PMDB mossoroense de abrir o diálogo com a executiva estadual e se projetar como opção para 2012, para Izabel Montenegro, decorre do fato de que a legenda dispõe de nomes que podem disputar a Prefeitura de Mossoró. “Dos filiados, Ales (Moacir) foi o único que demonstrou interesse”, afirmou.

De fato, o secretário Alex Moacir vem se movimentando nesse sentido, embora tenha dito que não conversou com a prefeita Fafá Rosado (DEM) nesse sentido. Ontem, ele disse que o partido dispõe de outros nomes. “O meu nome está sendo lembrado, mas pode ser outro. O importante é o partido participar ativamente do pleito”, disse, acrescentando que o PMDB tem interesse e se planeja para participar da chapa majoritária, bem como da proporcional.

Fonte: Jornal de Fato

Nenhum comentário: