domingo, 5 de junho de 2022

O vaqueiro e seu 'papagaio de pirata', um projeto que não decola


Entra ano e sai ano, as mudanças ocorrem, mas tem uma coisa que não muda: a cada eleição surgem personagens que marcam o pleito de maneira geral. Embora o calendário eleitoral não tenha sido aberto e não se possa fazer campanha propriamente dita, todos os que estão de olho no pleito seguem o plano 2022. 

Em Mossoró uma dupla começa a se destacar: o vaqueiro e seu papagaio de pirata. O primeiro e uma personagem criada pelo prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) ainda na campanha eleitoral. Trata-se de uma tentativa dele de aludir que, ao fato de ter nascido no Nordeste brasileiro, estaria inserido no contexto de produtor rural, de trabalhador rural, de homem que tem o costume de lidar com a roça  de maneira geral.

Contudo, todos sabem que, apesar de ter origem no campo, ele já faz parte do contexto urbano. Com isso, a personagem acaba descambando para o "descontexto", pois vaqueiro que se preza não quer passar a ideia de que seria uma mera personagem. 

Nessa onda de personagem da eleição, surge o papagaio de pirada do vaqueiro. O ex-vereador Soldado Jadson quer, a todo custo, pegar carona em uma suposta popularidade que Allyson teria. Acontece ele ainda não decolou. Para piorar o cenário, o ex-vereador tenta copiar o que o prefeito tenta ser: uma personagem chegar bem próximo do caricaturismo.

Jadson foi vereador. Não teve projeção nem destaque. Um parlamentar inexpressivo, na verdade. Agora, talvez aconselhado pelo suposto vaqueiro, pensa que pode ser deputado estadual. E não e trata aqui de nenhum desdem sobre essa possibilidade. Sim, qualquer pessoa pode ser candidatar, mas em se tratando de uma campanha, o real e o imaginário não pode se confundir.

E talvez o vaqueiro seja obrigado a mudar a tática de uma hora para outra. Como todo mundo sabe, os planos dele era colocar a primeira-dama como candidata a deputada estadual. Houve pressão e a desistência veio. Agora, talvez, com o inexpressivo projeto de Jadson, o vaqueiro mude de ideia. Ou então segue no plano de ver o fiasco tomar conta desse projeto.

 

Nenhum comentário: