quinta-feira, 14 de maio de 2020

Isolda faz o que o seu partido critica

É bem verdade que o papel do legislador é fiscalizar o Executivo, apontar mecanismos que melhorem a administração para a coletividade. Tem sido assim desde que se pensou na famosa divisão dos poderes. Mas vez por outra se percebe uma clara distorção da figura de um e de outro. No plano nacional, por exemplo, critica-se a intromissão de um poder em outro ou a politização de temas que provocam transtornos coletivos, como a pandemia oriunda da Covid-19.

O papel do vereador é um, do deputado é outro, senador igualmente diferente. Isso no que diz respeito aos demais poderes. Mas, todas essas funções tem o mesmo sentido: criar leis e fiscalizar quem está no comando da administração. Seus atos, melhor dizendo.

Assim sendo, a deputada estadual Isolda Dantas (PT) precisa se encontrar. Recente comentário dela acerca das ações desenvolvidas pela Prefeitura Municipal evidenciam que a parlamentar está perdida e ainda pensa que é vereadora. Ela criticou o trabalho que vem sendo feito pelo executivo municipal e disse, em outras palavras, que o grupo governista deveria ser extirpado da política local.

O blog ficou sem entender bem o que Isolda quis fazer. Das duas uma. Ou três: ela quis dizer que a prefeita Rosalba Ciarlini não está fazendo um bom trabalho e que, por isso, ela, Isolda, deveria ser a prefeita. Ou ainda: que o grupo governista deveria ser tirado da Prefeitura para que o PT pudesse administrar Mossoró. Ou ainda que está com crise de identidade funcional e não sabe se é deputada ou vereadora.

Isolda, se quisesse realmente apresentar algo frutífero para a população que a elegeu, deveria tentar fazer com que a governadora Fátima Bezerra (PT) saísse da toca e percebesse que pessoas, inclusive em Mossoró, estão penando diante da ausência estatal na sociedade. Seja na saúde, educação, segurança e em todos os setores. Vejam a questão da educação: alunos não sabem se terão algum suporte para o Enem. E olhe que Fátima é professora. Isolda também. Bem que as duas poderiam sentar e tentar algum planejamento para a área neste momento de pandemia. Seria mais produtivo.


O partido de Isolda vive alarmando que o presidente Jair Bolsonaro está politizando as questões relacionadas à pandemia do novo Coronavírus. E o que é que Isolda está fazendo mesmo? Não é a mesmíssima coisa?

É, cara deputada,  Vossa Excelência precisa rever alguns pontos. Critica o que chama de "velha política" mas faz a mesma coisa. Basta dar uma olhada no portal da Transparência da Assembleia Legislativa...

Nenhum comentário: