sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Qual será o caminho do MDB de Mossoró?

Dias passados o blog encaminhou algumas perguntas à presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (MDB), as quais ficaram sem respostas. Em uma delas, algo tem próprio de quem dirige um partido: como ficará a legenda para as eleições do ano que vem? O silêncio foi o resultado da questão.

Não é segredo que o MDB ainda passa por momentos de ostracismo no Rio Grande do Norte. Não existe nenhuma liderança estadual que possa se apresentar como "salvadora" do partido. Não faz muito tempo o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves, que foi preso por suposto envolvimento em casos de corrupção, externou interesse em voltar ao comando do MDB.

Mas a resposta para o objetivo de Henrique foi apresentada pelo deputado federal Walter Alves, filho do ex-senador Garibaldi Alves Filho: se Henrique voltasse, ele (Walter) sairia. Ou seja: representaria um baita problema para o partido. E por quais motivos Walter não resolve a questão da legenda? Algo simples: não teria interesse nem cacife para tomar decisões.

E, diante disso, o MDB mossoroense segue em banho-maria. O certo é que a presidente da CMM tem estilo próprio para resolver o que precisa. Resta saber se o seu partido a deixará com espaço para tomar as decisões que precisam ser externadas com vistas as eleições do ano que vem.

Nenhum comentário: