quinta-feira, 27 de março de 2014

Gilberto Diógenes mostra que 'manda' no Sindserpum


Foi bom enquanto durou... Para Marilda Sousa. Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindserpum), Marilda tentou se manter no cargo, mas as eleições realizadas na quarta-feira última (26) mostraram que ela trilhou por caminhos errados e foi derrotada pela também sindicalista Marleide Cunha.

A gestão centralizadora de Marilda, a falta de comunicação e – dizem os membros da chapa 2 (vencedora) – falta de transparência foram os principais motivos para a atual presidente do Sindserpum ser derrotada nas urnas.

Marilda Sousa quis dar o grito de independência e se voltou contra o seu criador, sindicalista Gilberto Diógenes, de quem foi vice. Ele conseguiu eleger Marilda e estava na vice-presidência do sindicato.

Agora, insatisfeito com o tratamento dispensado pela presidente, ele se aliou a Marleide Cunha e topou ser candidato a vice. E mostrou que ele é quem dá as cartas no Sindiserpum.

Nenhum comentário: