quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

PT e PSD mais unidos que nunca

Parece que o destino do PT será mesmo se aliar ao PSD às eleições deste ano. Formariam a chapa Robinson Faria (PSD) ao Governo e a deputada federal Fátima Bezerra (PT) ao Senado. As especulações, nesse sentido, já saem do forno. Bem quentinhas.

E, como dizem por aí, Mossoró deverá ser o espelho de um cenário para 2014. Não duvidem. A começar pela passagem do prefeito interino Francisco José Silveira Júnior (PSD) por Brasília. Ele foi acompanhado pelo assessor especial Crispiniano Neto. Antes de Brasília, uma passadinha em São Bernardo do Campos, em São Paulo. Sabe-se lá o que o motivo da esticadinha. Talvez uma visita ao companheiro Luiz Inácio Lula da Silva, com quem Crispiniano teria abertura. Mas não se sabe o que teriam ido conversar.

Em Brasília, Silveira circulou à vontade em meio à "companheirada": esteve com Fátima Bezerra, pousou para fotos. Dias passados, durante entrevista a uma emissora de TV local, o prefeito interino chegou a levantar a bola de deputado federal do Ceará, que teria tido apoio. Mas e onde ficaram ou estavam os deputados do Rio Grande do Norte? Será que fecharam as portas para Silveira e, consequentemente, para Mossoró?

Mas veio a salvação: Silveira, além de Fátima Bezerra, teve o suporte do também deputado federal Fábio Faria (PSD).

Pelas declarações, dos afagos, tudo leva a crer que Silveira está mesmo sintonizado com os petistas. Ainda mais com a proposta de abertura da companheirada ao Governo Federal. Tudo faz sentido.


Nenhum comentário: