sexta-feira, 8 de junho de 2012

Marketing do PSB tenta amenizar impacto da chegada de Josivan

A entrada do ex-reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), Josivan Barbosa de Menezes (PT), na chapa governista e na condição de candidato a vice-prefeito iniciou o trabalho de marketing da pré-candidata Larissa Rosado (PSB).

É que, para tentar amenizar o balanço negativo da chegada de Josivan, depois dele ter dito cobras e lagartos do "sandrismo", o marketing pessebista está plantando notícias na rede de apoio ao projeto oposicionista e cujas raízes se voltam à tentativa de desestabilizar a chapa DEM/PMDB.

A ordem do marketing pessebista é jogar para a população que o vice da pré-candidata Cláudia Regina (DEM), advogado Wellington Filho (PMDB), pode ser trocado a qualquer momento.

Balela pura. Não existe a menor chance de mudança. Wellington é indicação do PMDB.

O estremecimento da chegada de Josivan ao ninho pessebista é grande. Tanto que ele não compareceu à reunião partidária que culminou com a indicação de seu nome para compor com o PSB. O ex-reitor passou dias sumido e dará o ar da graça na segunda-feira, 11, quando a chapa Larissa/Josivan será anunciada.

O que o marketing do PSB quer é tentar amenizar o impacto negativo da chegada de Josivan e está enchendo parte da imprensa de (des)informações para criar imagem de que existe problemas no grupo governista. Somente isso.

Nenhum comentário: