quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Meio Ambiente e saúde são metas de Paulo Davim

Em pronunciamento no mesmo dia em que tomou posse, o senador Paulo Davim (PV-RN) afirmou nesta quinta-feira (3) que pautará sua atuação no Senado pela defesa do meio ambiente e pela melhoria da saúde pública. Paulo Davim assumiu a vaga após o afastamento do senador Garibaldi Alves Filho para exercer o cargo de ministro da Previdência.

Único representante do Partido Verde no Senado, ele disse que acredita na "coexistência respeitosa entre desenvolvimento e meio ambiente" e que pretende fazer jus à herança deixada pela ex-senadora Marina Silva, dando continuidade às suas lutas.

“Me é impossível acreditar que exista sociedade avançada agredindo o meio ambiente. Aqui nesta Casa pretendo alargar e aprofundar os debates sobre a revisão do Código Florestal, da necessária proteção aos nossos mananciais e outros temas caros à nossa bandeira”, disse.

Médico nascido no sertão potiguar, Paulo Davim afirmou sua crença no Sistema Único de Saúde (SUS) e defendeu sua efetiva implantação. Nesse sentido, a seu ver, é necessário ampliar o debate acerca de financiamento, da regulamentação da emenda 29, do aprimoramento de programas, da carreira de estado na área e da remuneração.

“Precisamos entender que o profissional da saúde lida com o valor absoluto de cada um, que é a vida, não podendo exercer o seu papel com as mãos trêmulas de ansiedade e incerteza. Não é justo para a sociedade”, disse.

Na estreia na tribuna, Davim homenageou Garibaldi Filho, que chamou de "maior homem público do Rio Grande do Norte" e "ser humano de grandeza indescritível". Também teceu elogios aos demais colegas de bancada, o senador José Agripino (DEM-RN), que "dignifica meu estado pela coragem e biografia", e Garibaldi Alves (PMDB-RN), o pai, pela "serenidade".

Paulo Davim recebeu as boas vindas dos colegas José Agripino, Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Waldemir Moka (PMDB-MS).

Fonte: Agência Senado

Nenhum comentário: