sexta-feira, 31 de julho de 2009

Saúde baixará portaria para plantões médicos

A Gerência Executiva da Saúde baixará portaria relacionada ao cumprimento de carga horária de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) do Alto de São Manoel e do Santo Antônio.

Segundo a gerente Jaqueline de Souza Amaral, a medida é para fazer com que os serviços sejam cada vez mais dinâmicos e que o paciente possa ser atendido quando precisar.

“Estamos encampando luta para que médicos cumpram a carga horária, nas UBS e nas UPA’s, que cumpram o plantão de seis horas, de acordo com a escala”, comentou Jaqueline Amaral, informando que a portaria também especificará que médicos do Programa Saúde da Família (PSF) não podem dar plantões no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) durante o dia.

As medidas anunciadas pela gerente da Saúde também se voltam ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ainda segundo Jaqueline Amaral, a Secretaria Municipal da Cidadania já encaminhou ofícios aos hospitais, informando que só transportará pacientes residentes em Mossoró.

“Registramos que haviam pedidos para que o SAMU transportasse pacientes que estavam em hospitais de Mossoró para outras cidades. Isso não será mais permitido. O SAMU só transportará pacientes de Mossoró”, afirma a gerente, informando que não existe nenhum município da região que esteja pactuado com a Prefeitura de Mossoró.

A gerente diz que quando houver a Programação Pactuada e Integrada (PPI), o serviço para outros municípios poderá ser feito. “Não temos nenhum município pactuado. Vamos esperar a PPI para ver quais municípios precisam dos serviços”, diz.

Nenhum comentário: