sexta-feira, 17 de julho de 2009

Micarla quer unir PSB e DEM



Que eleitores wilmistas e agripinistas têm perfis semelhantes, não se pode negar, mas não se vislumbra uma aproximação efetiva dos líderes estaduais do PSB e DEM para as eleições de 2010. A própria governadora Wilma de Faria deixou isso bem claro durante entrevista recente ao Jornal de Fato. Ela afirmou que o DEM era oposição, mas disse a famosa frase: "em política tudo é possível."

Bom, isso é para comentar uma notícia veiculada no blog da jornalista Thaisa Galvão (http://www.thaisagalvao.com.br/) sobre uma tentativa de aproximação da governadora Wilma de Faria com o senador José Agripino.

Esse trabalho estaria sendo desenvolvido pela prefeita Micarla de Sousa (PV), de Natal. Micarla, segundo Thaisa, tem em mente aproximar o DEM do PSB para fechar uma aliança tida como difícil.

O PSB, em tese, já teria o candidato ao Governo do Estado, que seria o vice-governador Iberê Ferreira de Sousa. O DEM desponta com o nome da senadora Rosalba Ciarlini, que inclusive vem liderando pesquisas feitas por institutos variados.

Como aglutinar interesses distintos em um mesmo projeto? A quem interessaria se o PSB abrisse mão de disputar o Governo? Quem ficaria feliz se o DEM desistisse de seguir com o nome de Rosalba?

Difícil acreditar que a prefeita de Natal conseguirá unir projetos diferentes, e ao mesmo tempo iguais. Wilma e Agripino querem o Senado. Esse é o ponto comum. Será que o vice-governador estaria disposto a apoiar Rosalba? Ou Rosalba apoiaria Iberê? São pontos ainda obscuros nessa história toda.



Foto extraída do blog de Thaisa Galvão

Nenhum comentário: