segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Educação de Grossos está um caos


Educação, sempre, tem que ter destaque em toda e qualquer administração. Cuidar do presente de crianças e adolescentes é sinônimo de garantir um futuro melhor para todos mais na frente. E sempre assusta como o tratamento que o setor recebe em gestões que findaram. A educação serviu apenas como um "amontoado" numérico e que serviu apenas para que determinadas Prefeituras pudessem receber recursos do Ministério da Educação. Nada mais que isso.

Essa é a constatação que se tem ao analisar a situação em que se deixou a educação em Grossos. A gestão que tomou posse nas primeiras horas de 2020 herda, não apenas problemas decorrentes da pandemia do Coronavírus, a preocupação em reestruturar escolas e garantir o conforto mínimo para os alunos, quando estes retornarem às atividades presenciais.

Na manhã desta segunda-feira, uma equipe visitou a Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus, a maior de Grossos, localizada na zona urbana. O retrato era de caos completo: a estrutura física precisa, urgentemente, de melhoria. Isso internamente. Externamente, o prédio indica tudo, menos que ali funciona uma escola. Precisa de roupagem nova. Novas cores, novos olhares e novos direcionamentos para a educação.

Outras unidades educacionais foram visitadas pela prefeita Cinthia Sonale, vice-prefeito Galego Caetano e pela secretária de Educação, Ianara Santos. E o cenário não era diferente: carteiras danificadas, ventiladores quebrados. Quadro sem nenhuma possibilidade de uso. Um caos.

A reorganização da educação, pelo retrato encontrado, é urgente. E, alia-se a isso, a falta de material humano. Pelo visto, a nova gestão terá muito trabalho pela frente.

Nenhum comentário: