domingo, 3 de janeiro de 2021

Allyson convoca coletiva para explicar decretos

O prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) vai conceder, nesta segunda-feira (04/01), entrevista coletiva para explicar os decretos que ele determinou e que foram divulgados no Jornal Oficial do Município (JOM) no dia 2. E cá com os seus botões, o blog questiona justamente o que precisa ser explicado. Se o prefeito resolveu tornar mais claras as suas intenções é porque, na verdade, os decretos não são de simples assimilação. E se são complicados, por quais motivos existem? Às 10h, na sede da PreviMossoró, Allyson vai tentar remendar a questão.

E, a partir da escolha do local para a coletiva, cabe mais uma pergunta: o Salão dos Grandes Atos da Prefeitura de Mossoró não serve mais para receber a imprensa? A imprensa não é povo, já que o prefeito disse que o povo tinha chegado ao executivo?

Os decretos definidos pelo prefeito prejudicam, claramente, o servidor público. Allyson quer poupar, mas será justamente nos lombos do servidor? Ele disse que receber a Prefeitura com salários em atraso, mas não disse quantos meses e se a folha é total ou parcial, tampouco se existe dinheiro em caixa para o pagamento. Disse que tem dívida com fornecedores, mas não explicitou a quem e quanto é o rombo. Diante disso, ele precisou agendar uma entrevista coletiva para, talvez, conseguir responder algumas dúvidas. Quem sabe até as próprias.

Allyson precisa, urgentemente, descer do palanque e parar de pensar que precisa de votos. Ele já os teve. É hora de deixar de lado a personagem criada na campanha, guardar o chapéu de couro e administrar.

Nenhum comentário: