sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Betinho: ‘quarta administração de Rosalba foi para recuperar Mossoró do tufão chamado Silveira Júnior’



Edilson Damasceno
Da Redação

O cenário era diferente de outros anos, de outras campanhas, com redução de pessoas acompanhando a apresentação dos pré-candidatos a vereador, prefeita e vice-prefeito. Mas o sentimento de euforia política remetia ao que sempre foi. Embora com público reduzido, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) foi oficializada como candidata à reeleição agora a pouco, em evento político que reuniu representantes do PP, PL, PSC, MDB, PSDB, republicamos e PDT. E, de certo modo, Rosalba externou o motivo pelo qual é tida como principal liderança política de Mossoró. O evento se deu na Escola de Artes.

Antes da chegada de Rosalba Ciarlini e de seu candidato a vice-prefeito, o empresário Jorge do Rosário, alguns pré-candidatos a vereador fizeram uso da palavra. E, em intervalo entre um e outro, o presidente estadual do PP, ex-deputado federal Betinho Rosado, resolveu se pronunciar. Com palavras bem colocadas e de efeito, ele disse que a prefeita Rosalba faz sua caminhada oficial, a partir daquele evento político, rumo ao quinto mandato. Mas enfatizou que a força que a acompanha não é de agora. “Há uma trajetória que começou lá atrás”, disse, relembrando o ano de 1988, quando ela foi eleita prefeita de Mossoró pela primeira vez.

“Aqui ela (Rosalba) dá um passo para iniciar a disputa como candidata. Rosalba é a administração que transformou Mossoró”, disse o presidente estadual do PP, em clara alusão de que a cidade e a atual prefeita mantém uma história de sintonia que, ao longo do tempo, deu certo. “Rosalba proporcionou o desenvolvimento e justiça social nas quatro vezes em que foi prefeita e fará o melhor dos governos no seu quinto mandato. Ela já demonstrou capacidade de trabalho”, enfatizou.

Betinho Rosado frisou que esta quarta administração de Rosalba foi para recuperar a cidade depois do “tufão chamado Silveira Júnior”, e disse: “com certeza ela vai escrever, com o próximo mandato, seu nome na história política e administrativa de Mossoró.” E concluiu: “o PP se honra em apresentar uma candidata como Rosalba, que fará a melhor quadra (alusão a quatro anos) do desenvolvimento de Mossoro.”

Depois da fala de Betinho Rosado, outros nomes fizeram uso da palavra até a chegada da prefeita Rosalba Ciarlini. Líderes comunitários se fizeram presentes, além de populares que foram prestigiar o ato político. O público presente não passou de 201 pessoas, atendendo recomendação das autoridades sanitárias. Todos estavam usando máscaras e álcool 70.


Rosalba e Jorge mostram sintonia e
falam em gerar emprego e renda

Rosalba Ciarlini chegou à Escola de Artes na companhia do seu companheiro de chapa, Jorge do Rosário. Na entrada, uma pausa para conversar com a imprensa. Segundo a prefeita, o que foi feito nestes três anos e oito meses se constitui no que ela considera de “trabalho imenso”, frisando que fez Mossoró voltar a ter crédito e ser mais organizada.

Obviamente que, na ótica exposta pela prefeita, não foi possível fazer tudo o que foi projetado em virtude dos problemas que se tinha e afirmou: “tem muita coisa a se fazer. Jorge (Jorge do Rosário, seu candidato vice-prefeito), com o seu partido, vem para somar, com mais ideias e projetos”, disse a prefeita.

Para Rosalba, o rumo que delineará a sua campanha visando o quinto mandato é esse: trabalho e realização. Disse que os dois, ela e Jorge do Rosário, vão trabalhar para atrair investimentos, gerar emprego e renda. “Só assim estaremos protegendo a cidade”, comentou.

Com relação aos nomes que estão na disputa à Câmara Municipal, Rosalba Ciarlini disse que todos têm condições de fazer um bom trabalho no Legislativo. “É muito importante que tenhamos pessoas que somem ao projeto de Mossoró no rumo certo, de desenvolvimento. E temos certeza de que teremos esse apoio”, comentou.

Ao ser questionado sobre sua presença na chapa da prefeita Rosalba Ciarlini, Jorge do Rosário disse: “o momento requer união”, e acrescentou que a cidade está inserida em uma pandemia que tem consequências danosas à sociedade.

“A prefeita organizou as contas da Prefeitura e vai ser importante a retomada dos serviços, pois muita gente perdeu emprego. Tem que dar assistência à saúde, como a prefeita está fazendo, e precisamos proporcionar emprego. E por isso fui convocado, para fazer o que precisa ser feito e é por isso que estamos unidos.”

Jorge do Rosário disse ainda que o vice-prefeito tem que estar ao lado da prefeita e entender que precisa contribuir. “Quero compreender da maneira que a prefeita achar que devo. Temos boa convivência com o setor produtivo e todos querem dar contribuição á cidade. Estamos na política para melhorar a vida das pessoas e isso se faz, também, gerando emprego e renda”, afirmou.



Saiba mais

Rosalba Ciarlini
Primeira prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini é médica pediátrica e foi eleita pela primeira vez em 1988 com 307.307 votos, consagrando-se nas urnas para um novo horizonte que surgia em sua vida. De lá para cá, a vida política de Rosalba tem acumulado história de sucesso profissional e político. Em 1996, é eleita pela segunda vez prefeita da segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, sendo reeleita em 2000. Já somam três mandatos à frente do Executivo mossoroense.

Em 2006 se candidata ao Senado, derrotando o favoritismo do então senador Fernando Bezerra. Rosalba Ciarlini venceu com uma diferença de 0,76% dos votos válidos. O mandato seria de oito anos, mas a vitória ao Senado abriu margem para que se pensasse em, na eleição seguinte, uma candidatura ao Governo do Estado. E em 2010, a especulação se concretizou nas urnas: Rosalba foi eleita governadora do Rio Grande do Norte.

Em 2016, atendendo o pedido das suas bases políticas localizadas em Mossoró, teve o nome colocado como opção do eleitorado mossoroenses. Foi eleita para o quarto mandato com 51,12% dos votos válidos. E agora, em 2020, vai para a reeleição, tentando o quinto mandato à Prefeitura de Mossoró.


Jorge do Rosário
O companheiro de chapa de Rosalba Ciarlini é Jorge do Rosário. Graduado em Engenharia e atua no ramo da construção civil. A vida política de Jorge do Rosário, no sentido de participar de discussões que busquem soluções para determinados problemas que afetam a sociedade não é recente. Ele dirigiu o Sindicato da Construção Civil de Mossoró e participou da direção da  Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern). Na área do desporto, foi presidente do Potiguar, time de esporte mossoroense.

Em 2016 foi candidato a vice-prefeito na chama encabeçada pelo também empresário Tião Couto (PL), que foi derrotado por Rosalba. Dois anos depois, em 2018, apresentou seu nome como opção à Assembleia Legislativa.

Agora, entendendo que o momento necessita de alianças que possam direcionar Mossoró cada vez mais para o progresso, aceitou compor chapa com a prefeita Rosalba Ciarlini e é candidato a vice-prefeito.

Nenhum comentário: