sexta-feira, 15 de maio de 2020

Natal tem maior número de mortes pela Covid-19 no RN


A politização acerca dos números de contaminados pela Covid-19 fica evidente quando se analisa as estatísticas mais atuais sobre casos confirmados e mortes em decorrência do novo Coronavírus no Rio Grande do Norte. Nas últimas 24 horas, por exemplo, Natal apresentou o maior número de óbitos provocados pela doença. A capital do Estado, segundo dois recentes boletins emitidos pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) está com 33 vítimas.

Com isso, o que se quer dizer é que o olhar enviesado da política eleitoral exposto sobre Mossoró estes dias era claro: o importante é acentuar que Mossoró não tem condições de controlar ou coibir o avanço da Covid-19. Mas qual o interesse de lideranças políticas em alardearem tal quadro? A resposta parece ser simples: quem assim o faz pensa, obviamente, nas eleições deste ano. A saúde da população nunca foi o interesse. Pelo menos é o que se observa.

Olhemos para os números: nas últimas 24 horas houve crescimento em 50% dos casos de mortes provocados pelo novo Coronavírus em Natal. As pessoas que criticam Mossoró estão falando sobre a inoperância do prefeito Álvaro Dias? Neste mesmo período, o número de mortes subiu 5% na terra de Santa Luzia.

Os dados são alarmantes e preocupam os natalenses, uma vez que a cidade não vem se preparando para conter a doença. Até porque falta, também, a presença do Governo do Estado na capital. O tão propagado Hospital de Campanha ainda não saiu do papel.

Mossoró registrou o primeiro caso confirmado do novo coronavírus no dia 21 de março. O primeiro óbito ocorreu em 28/03 e após 48 dias a cidade registra, atualmente, 24 mortes.


NÚMEROS


Dia 13 de maio (boletim n° 60) 
Mossoró: 419 casos confirmados, 519 casos suspeitos, 23 óbitos.
Natal: 1.025 casos confirmados, 3.900 casos suspeitos, 22 óbitos.


Dia 14 de maio (boletim n° 61)
Mossoró: 456 casos confirmados, 573 casos suspeitos, 24* óbitos. (*24ª morte confirmada pela Prefeitura de Mossoró ainda não consta no boletim da SESAP).

Natal: 1.083 casos confirmados, 4.219 casos suspeitos, 33 óbitos.

Nenhum comentário: