sexta-feira, 5 de abril de 2019

Carro fumacê no combate ao Aedes aegypti em Serra do Mel


A Prefeitura Municipal de Serra do Mel intensificou nesta quinta-feira, 4, o combate ao Aedes aegypti e está utilizando o fumacê para eliminar o mosquito, que é transmissor da dengue, zika, Chikungunya e febre amarela urbana.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Anacelia Freire, a aplicação do inseticida dispersado pelo veículo está ocorrendo nas vilas Brasília e Rio Grande do Norte, devendo ocorrer cinco ciclos, pela manhã e tarde, com programação até o dia 18 de abril do mês em curso.

Os moradores das vilas Brasília e Rio Grande do Norte devem manter portas e janelas abertas durante a passagem do veículo.

Apesar de o carro fumacê combater o Aedes aegypti, que transmite várias doenças, ele só é eficaz contra o mosquito adulto. “Por isso, o trabalho de cada morador deve ser constante para evitar criadouros do inseto”, alerta a secretária Anacelia.

Prevenção
A conscientização, prevenção e mobilização social são instrumentos importantes para o combate à dengue. A população pode ajudar de diversas formas a prevenir à doença. Entre elas, cuidar da própria residência, para que não haja focos do mosquito. Permitindo, inclusive, que o agente da dengue, devidamente identificado, entre em sua casa para fazer a busca de focos.

Eliminação do mosquito
Para que o mosquito seja eliminado, é necessária a colaboração da população para que se evite o nascimento das larvas do Aedes aegypti. Isso porque o inseticida disseminado pelo fumacê causa impacto ambiental e só mata o mosquito adulto.

A Vigilância Epidemiológica pede para que, quando o carro fumacê passar, o morador abra portas e janelas; cubra viveiros de animais, potes de água e comida; proteja crianças e idosos propensos a asma e alergias; e evite a exposição dos alimentos.

Cuidados na sua casa
– Mantenha caixas d’água, tonéis, tambores, barris, cisternas e poços bem fechados. Tampe com a tampa própria ou telas. Não use plástico.
– Lave a caixa d’água com escova e sabão a cada seis meses. Os outros reservatórios devem ser lavados uma vez por semana.
– Elimine xaxins e pratinhos de vasos de plantas. Se não for possível, escorra a água todos os dias e lave o pratinho com escova, água e sabão uma vez por semana. Ou coloque areia até a borda do pratinho.
– No caso de plantas aquáticas, a água deve estar no nível abaixo do material que está dentro do vaso, com pedras e enfeites. A água deve ser trocada, o vaso e o material dentro dele devem ser lavados com escova, água e sabão uma vez por semana.
– Fure e entregue os pneus velhos aos serviços de limpeza pública ou para reciclagem.
– Caso precise ficar com os pneus, guarde-os sem água em local seco e coberto, protegidos da chuva e de goteiras.
– Se for utilizado como brinquedo, fure o pneu em vários lugares, evitando que a água se acumule dentro dele.

Nenhum comentário: