terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Fátima atirou muita pedra e agora é vidraça

Sim, é verdade que Fátima Bezerra (PT) está há poucos dias no Governo do Estado. Como também é fato de que ela tinha conhecimento da real situação do Rio Grande do Norte. E igualmente real que Fátima passou a campanha alardeando que iria colocar o RN nos trilhos. E na primeira grande decisão que precisa tomar o que surge é apenas mais do mesmo. Ou seja: a governadora repetiu o seu antecessor, que foi exonerado da função pública pelo eleitor.

Não cabe mais, nos dias de hoje, discurso inflamado sobre ser a salvação para os problemas de uma cidade, Estado ou País. E Fátima agora, mesmo com sete dias de governo, paga um alto preço por ter falado muito. Por ter criticado muito. A pedra atirada retornou com gosto de gás. Fátima agora é a vidraça. Se a pedra que ela atirou foi com muita força, tem que se preparar para o impacto do retorno.

O Rio Grande do Norte, no tempo de Robinson Faria governador, registrou constantes recordes de arrecadação. E para onde foi o dinheiro? Para acomodar o inchaço da máquina administrativa ou para atender caprichos de outros poderes. Como a Assembleia Legislativa, por exemplo.

Resta saber se Fátima Bezerra terá como frear a gordura da máquina administrativa. Se "peitará" a Assembleia Legislativa e os outros poderes...

Enfim, é um governo que está começando, mas que tem que se preparar para as muitas pedras que serão jogadas.


Nenhum comentário: