terça-feira, 17 de abril de 2018

“Pedra do Chapéu” em perigo


"Tibau... Uma pedra beijando o mar, sob um lindo sol a aldeia clareia e a pedra 'inda' lá, cada dia menor de tanto o mar beijar".

O refrão da composição de Reynaldo Bessa traduz uma realidade constatada por todos que apreciam a beleza de um dos principais ícones da cidade-praia, reduto dos mossoroenses, principalmente durante o veraneio.

Denominada de “Pedra do Chapéu” devido as suas formas e curvas, o monumento natural vem perdendo suas características ao longo dos anos, reflexo do avanço do mar.

Hoje já não é mais possível identificar, por exemplo, a "aba" do chapéu que durante muito tempo encantou moradores e turistas.

Mas toda essa beleza do ponto turístico que divide o RN do CE, símbolo do município de Tibau está ameaçada em virtude da grande quantidade de água das chuvas que se infiltraram e acumulou no solo calcário arenoso, provocando rachaduras.

Com isso, a Secretaria Municipal de Obras de Tibau fixou placas de orientação do perigo e alertando os banhistas e turistas que visitam o local sobre os riscos de desmoronamento.

“Estamos pedindo e alertando aos visitantes, banhistas e veranistas para que redobrem as atenções e cuidados no sentido de evitar algum acidente no local, bem como preservar essa área que é um dos cartões postais da nossa cidade”, disse o secretário Cleiton Marques.

Nenhum comentário: