terça-feira, 7 de outubro de 2014

Cada um vota em quem quiser

A carga tributária é elevadíssima no Brasil. paga-se imposto para tudo e por tudo. Programas sociais "mantidos" pelo Governo Federal são frutos do meu, do seu, do nosso dinheiro.

Do imposto que pagamos. FIES, Prouni, , Pronatec, Bolsa Família, Bolsa Escola, tudo isso é custeado pelo cidadão. E observar que alguém, que tem o máximo de escolaridade, dizer que pobre que vota em Aécio é burro, é jumento, reacionário... É demais.

Como se pobre não tivesse direito de escolher em quem votar e que, por estar sendo "beneficiado" por tais programas teria, obrigatoriamente, de votar no PT. É preciso entender que nenhuma ação que se apresenta como gratuita o é.

Tudo, simplesmente tudo, é pago pelos brasileiros. Educação, saúde, cultura, lazer, entretenimento... Não existe essa história de serviço gratuito por ser público. É público porque é para todos.

Portanto, se você, pobre, quiser votar em Aécio, não se intimide. E se você, rico, quiser votar em Dilma, fique à vontade. Democracia é isso. Cada um vota em quem quiser.

Nenhum comentário: