quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Voto útil beneficiaria Robinson

A história do voto útil retorna com força pelas bandas de Mossoró. Como se sabe, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) não declarou apoio oficial ou formal a nenhum candidato da chapa majoritária. O ressentimento é grande. E, talvez por isso, alguns correligionários dela estejam apregoando votar em Robinson Faria (PSD) para derrotar Henrique Eduardo Alves (PMDB).

Caso seja verdade e se Robinson levar a melhor por aqui, a governadora terá que dividir vitória de Robinson com o prefeito Francisco José Júnior (PSD).

Todo mundo sabe que Rosalba estava propensa a apoiar Robinson Faria. Mas aí veio uma tal entrevista que ele concedeu ao jornal Tribuna do Norte... E melou tudo. Até o tom, que era áspero e de oposição, mudou em Robinson Faria quando o tema passou a ser a administração Rosalba.

E isso se percebeu no debate realizado pela TV Pontanegra. Questionado pela candidata Simone Dutra (PSTU) acerca do pagamento que o Governo do Estado faz à empresa OAS, ele livrou "a cara" do governo Rosalba e deixou entender que situação teria sido imposta pelo Governo Federal, que o Brasil não estava preparado para realizar a Copa. E Robinson, com isso, perdeu ótima chance de falar sobre os benefícios que ficaram em Natal, justamente por meio da Copa, como a mobilidade ao entorno do Arena das Dunas.

Bom, mas o fato é que em terras mossoroenses Robinson Faria mudou totalmente de postura com relação à governadora. Ele sabe perfeitamente que os rosalbistas não nutrem simpatia à candidatura de Henrique. Daí a tese do voto útil retornar com todo gás agora. Se vai prosperar, ninguém sabe.

É o jeito esperar pela postura a ser adotada pela governadora.

Nenhum comentário: