terça-feira, 23 de setembro de 2014

Entidades médicas e hospitais se reúnem para discutir crise na saúde

Acontece nesta quarta-feira (24), na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no bairro Nova Betânia, a reunião ampliada para discussão sobre os problemas enfrentados pela saúde pública em Mossoró, convocada por entidades médicas e hospitais. O encontro está previsto para começar às 19h30.

Na reunião, serão debatidos nove temas, tais como: assistência obstétrica totalmente precária e redução “impossível” de leitos para assistência de gravidez de baixo risco;  fechamento de UTI adulta e neonatal; impossibilidade de realização de cirurgias oncológicas; ausência de plantonistas da Ortopedia/Traumatologia no Tarcísio Maia.

E ainda: enormes dificuldades para realização de exames de média e alta complexidade;  extensas filas (mais de 700) de espera por procedimentos cirúrgicos de pequena, média e alta complexidade (cirurgias ortopédicas, gerais, ginecológicas, oncológicas); transferência de pacientes para atendimento em Russas, Natal e Alexandria.

Por fim,o encontro médico debaterá ainda a falta de equivalência remuneratória aos profissionais da saúde com co-participação do Estado e Município (já existente em Natal há muito tempo); e o fechamento de oito unidades hospitalares na cidade. Para os idealizadores do evento, a saúde pública de Mossoró passa por várias crises em 10 anos.

“A assistência médica especializada está sendo sepultada e a falta de entendimento entre os gestores municipal e estadual – já solucionada na capital do Estado - aliada a indiferença da população, ratifica a nossa preocupação e reforça a necessidade de atuação com responsabilidade, equilíbrio e respeito a todas as partes”, diz a organização.

Quem realiza _ O encontro será realizado pela Associação de Assistência e Proteção a Maternidade e Infância de Mossoró, Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró, Clínica de Anestesiologia de Mossoró, Clínica de Cirurgia de Mossoró, Grupo de Oftalmologia de Mossoró, Grupo de Ortopedia e Traumatologia de Mossoró, Grupo de Pediatria de Mossoró, Hospital Wilson Rosado e Núcleo de Ginecologia e Obstetrícia de Mossoró.


Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário: