domingo, 4 de maio de 2014

Maioria de Silveira é de 9 mil votos sobre Larissa

Até agora quem fez a "aposta" mais correta foi a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB). Ela optou por não seguir o seu partido, que se coligou com o PSB, da deputada federal Larissa Rosado, e declarou apoio à candidatura do prefeito em exercício Francisco José Júnior (PSD), que vem liderando os números da eleição suplementar. Até agora, pela apuração oficial do TRE, o candidato do PSD segue na frente.

Mas o que teria dado errado para Larissa? A princípio, sua situação de inelegibilidade. A segunda, a forma como se deu a composição da chapa. O PMDB, como este blog já disse, perdeu a chance de ser maior e colocou Alex Moacir para o sacrifício. O resultado é o que se vê até agora: o eleitor não teria assimilado o fato de Larissa estar sem condições de ser votada e mesmo assim insistiu na candidatura. Insistiu tentativa, pela quarta vez, de chegar á Prefeitura Municipal.

Se os números seguirem neste ritmo, Larissa Rosado está fora. Não se tem mais condições, mesmo que o TSE a deixe elegível, dela continuar na peleja de ser prefeita. Os números já mostraram que ela não tem sorte. Ou não teria perfil para o Executivo. É o mesmo que aconteceu com a deputada federal Fátima Bezerra (PT) em Natal: as urnas a rejeitaram.

Contudo, como ainda existem urnas a serem apuradas, ainda tem esperança... Esta só acaba quando a última urna for aberta. Mas a maioria de Silveira contra Larissa está superior a nove mil votos. Silveira está com 20.705 e Larissa, 10.445.

Nenhum comentário: