quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

PMDB e PV acertam que decisão será conjunta

João Gentil, presidente do PV
Sai a primeira definição em bloco: os diretórios municipais do PMDB e do PV acertaram os ponteiros e decidiram que toda e qualquer definição relacionada às novas eleições em Mossoró será conjunta. Ou seja: quem conseguir atrair um levará, consequentemente, o outro.
Izabel Montenegro, presidente local do PMDB

E a decisão não é novidade. PMDB e PV estão alinhados a nível de Rio Grande do Norte. E era de se esperar que o quadro seguisse da mesma forma em Mossoró. Juntos, os dois partidos possuem seis vereadores na Câmara Municipal. E um deles tem aparecido como prefeitável: Alex Moacir, presidente do Legislativo.

Essa definição põe abaixo a teoria de que PMDB e PV haviam aderido ao projeto do prefeito em exercício Francisco José Silveira Júnior (PSD). Mas tudo em tese. Até porque possa ser que o PMDB indique o vice de Silveira. Ou agora, o PV, já que onde um for o outro vai estar.


O que se quer dizer é que não é apenas o PSD que passa a ter prioridade de adesão, já que a definição tomada por João Gentil e pela vereadora Izabel Montenegro, presidentes do PV e do PMDB, respectivamente, não remete à nenhuma “decisão decidida”. Em outras palavras, os dois partidos estão prontos para jogar o jogo. Independente de qual lado estejam ou possam estar.

Nenhum comentário: