sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Médicos e pessoal de apoio à UPA serão terceirizados

Aberta a temporada de processos seletivos simplificados na Prefeitura Municipal de Mossoró. No mais recente Jornal Oficial do Município (JOM), a secretária municipal de Saúde, Leodise Cruz, assinou portaria para a contratação de 13 enfermeiros e 57 técnicos de enfermagem (auxiliares de enfermagem).

Os 70 profissionais atuarão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no bairro Belo Horizonte – prevista para ser posta em funcionamento até o dia 28 próximo.

Mas a seleção não será aberta à sociedade. Segundo o edital, somente servidores efetivos da Prefeitura poderão participar do certame. As inscrições podem ser feitas até hoje (14), na própria Secretaria de Saúde, localizada no Centro Administrativo – sediado no bairro Aeroporto (prédio onde funcionou o antigo Terminal Rodoviário de Mossoró). A capacitação ocorrerá nos dias 17, 18 e 19 na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte. Ainda no dia 19 será feita a avaliação final.

Na mesma edição do JOM, a Secretaria Municipal de Saúde publicou outra portaria, divulgando a nomeação de uma comissão para fazer o levantamento relacionado ao número de pessoal de apoio ao funcionamento da UPA do Belo Horizonte.

Segundo a portaria, a comissão tem 30 dias para concluir o trabalho. Entende-se que a comissão vai elaborar edital para seleção de pessoal de apoio se direciona ao SAME e setores administrativo e de limpeza.

Com relação aos médicos que atuarão na UPA do Belo Horizonte, a secretária de Saúde Leodise Cruz disse que não tem nenhuma ligação com a seleção que será feita para contratação de 41 médicos, sendo 20 para atender à demanda das Unidades Básicas de Saúde (UBS), um para coordenar o Programa Municipal de Combate à Hanseníase e 20 para a reserva de vaga.

Segundo a secretária Leodise Cruz, o pessoal de apoio à UPA (limpeza, Same, serviço administrativo e maqueiros) sairá das empresas terceirizadas que prestam serviços à Prefeitura de Mossoró. Com relação aos médicos que atuarão na Unidade de Pronto Atendimento, Leodise afirmou que a mão-de-obra também será terceirizada.

Nenhum comentário: