sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Alex Moacir é 'ameaça' para pretensão de Silveira

Apesar de não se ter nenhuma definição final acerca de novas eleições em Mossoró, este é o assunto predominante em toda e qualquer rodinha política. Especula-se mil coisas e cenários. Até mesmo que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) vai disputar a Prefeitura Municipal. O que é algo totalmente sem sentido. Mas, se continuarmos nessa ideia de que haverá eleição suplementar, e com os dois nomes que polarizaram o pleito em 2012 fora do páreo, o blog só vê um cenário.

E este cenário não difere do que se viu em 2012: dois nomes disputando a atenção do eleitor. O PT não apresentará candidato. Até porque já está grudadinho ao prefeito interino Francisco José Júnior (PSD). Menos um. O DEM certamente apresentará um nome. Mas quem? O PR também poderá dispor de uma candidatura e fala-se em Ceiça Praxedes. Mas ela teria condições políticas de enfrentar uma campanha majoritária? Só se ela for o nome a ser apoiado pelo Democratas.

Teríamos aí dois candidatos: Silveira e Ceiça. E vem o terceiro, que é do PMDB. O vereador Alex Moacir, presidente da Câmara Municipal em exercício, é, ao ver do titular deste espaço, o único que ameaçaria Silveira a ser titular da giroflex do Palácio da Resistência.

Silveira até pode estar bem na fita, mas algumas ações dele são extremamente anti-políticas e atingem muita gente. Contudo, e analisando o quadro por outro lado, são atos que poderiam estar agradando a grande massa. Mas ainda não se consegue perceber esse reflexo. Ainda não se tem esse feedback.

Unir ações políticas com traços administrativos é o desafio de Silveira. Até agora ele tem alardeado que conta com respaldo de alguns partidos e que outros estariam para aderir. Mas tais apoios são administrativos ou políticos? O blog vê que se trata de estratégia. E o prefeito interino está coberto de razão. Tem que pegar pela palavra mesmo. Apoio político e administrativo caminham juntos e não se vislumbra que alguém possa "torcer" administrativamente e "não torcer" politicamente.

Mas aí vem umas dúvidas: quem conseguiria agregar mais valor político? Alex Moacir, Silveira Júnior ou Ceiça Praxedes? Quem teria maior condição de ser eleito?

Não resta dúvida e que são três nomes em destaque. Mas dois sairiam na frente: Alex e Silveira. E o blog repete: o presidente em exercício é o único que pode ameaçar a eleição de Silveira. Daí que o PR poderá apoiar o PMDB. Ou até mesmo o DEM. 

Mas tudo não passa de ilações. E o melhor é esperar pela palavra final do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é quem decidirá tudo. E tudo o que foi dito aqui poderá ter sido à toa, pois não se descarte o retorno da prefeita afastada Cláudia Regina (DEM).

Nenhum comentário: