segunda-feira, 26 de agosto de 2013

PMDB estará fora do governo Rosalba às 18h desta segunda

O rompimento do PMDB com o governo democrata potiguar tem horário para ser oficializado: às 18h desta segunda-feira. È a hora em que o secretário Luiz Eduardo Carneiro, da Sethas, entregará o pedido de exoneração do cargo à governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Com Luiz, seguem mais três indicações dos peemedebistas: Fernando Dinoá (presidência da Potigás, indicado por Garibaldi Filho), João Felipe de Medieros (diretor da CEHAB, indicado também por Garibaldi Filho) e Getúlio Batista (presidente da Fundac, indicado pelo deputado estadual Walter Alves).

Como o presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves - que comanda o PMDB potiguar - afirmou na sexta-feira passada que a saída de Luiz Eduardo Carneiro da Sethas anteciparia o rompimento, implica dizer que o PMDB, a partir das 6 da noite de hoje já não tem mais laços políticos e administrativos com a governadora Rosalba Ciarlini.

O blog conversou com o secretário de comunicação do Estado, jornalista Edilson Braga há pouco tempo. Braga afirmou que, pelas declarações dadas por Luiz Eduardo Carneiro à imprensa, não se teria clima para a permanência dele no cargo e que ele apenas oficializará, no encontro com Rosalba, algo que todo mundo está careca de saber: que ele está fora do governo. 

Nenhum comentário: