terça-feira, 13 de agosto de 2013

Cláudia Regina anuncia investimento de R$ 3,4 milhões na rede básica de saúde

A Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) vai investir R$ 3.426.826,08 na construção, reforma e ampliação de 29 Unidades Básicas de Saúde (UBS) localizadas na zona urbana e rural do município até o próximo ano. A licitação para reforma e ampliação das 7 primeiras UBSs acontece no próximo dia 22 de agosto e as obras devem ser iniciadas no próximo mês.

A informação foi dada na manhã desta terça-feira pela prefeita de Mossoró, Cláudia Regina. As primeiras unidades atendidas são a dos bairros Redenção (Dr. Moisés Costa Lopes), Costa e Silva (Dr. Epitácio da Costa Carvalho), Ouro Negro (Dr. Chico Porto), Boa Vista (Raimundo Rene Carlos Castro), Belo Horizonte (Marcos Raimundo Costa), Barrocas (Dr. Ildone Cavalcante de Freitas) e a Francisco Neto da Luz, na comunidade rural de Riacho Grande.

As obras fazem parte do programa de ampliação e requalificação da infraestrutura da Atenção Básica, uma ação da Prefeitura de Mossoró em parceria com o Governo Federal.

Os recursos para as obras já estão assegurados, conforme explicou o secretário municipal do Planejamento, Adonias Vidal. Para as obras deste ano, o investimento será de R$ 1.328.281,08. O recurso vai garantir a reforma das UBSs do Redenção I, Costa e Silva, Ouro Negro, Boa Vista e Riacho Grande, além da ampliação das UBSs do Belo Horizonte e das Barrocas.

“Desde o início de nossa gestão temos buscado junto ao Governo Federal apoio para obras importantes para melhoria de vida do mossoroense, e a requalificação e ampliação da Atenção Básica é uma ação que afeta diretamente toda a cidade, garantindo atendimento de qualidade na rede pública de saúde”, disse a prefeita Cláudia Regina. A prefeita destacou que as ações estão ligadas a obtenção de metas na Saúde, como a redução nos índices de mortalidade infantil e materna.

Para 2014, o investimento previsto é de R$ 2.833.545,00. De acordo com a prefeita Cláudia Regina, 14 UBSs serão reformadas, 4 ampliadas e 4 construídas. Os recursos para as obras são oriundos do município e do Governo Federal, através do programa Requalifica UBS, do Ministério da Saúde.

Participaram da solenidade de anúncio dos investimentos, no Palácio da Resistência, o promotor de justiça, Flávio Corte, o vereador Alex Moacir, o diretor da Apamim, André Néo, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilberto Pedro, o diretor do Núcleo de Obstetrícia, Alexandre Mendonça, os secretários da Saúde, Jaqueline Amaral, do Planejamento, Adonias Vidal e da Comunicação Social, Julierme Torres, além da equipe técnica da Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde.

AÇÕES A SEREM REALIZADAS PELA PMM

2013
Investimento em infraestrutura e ampliação de serviços médicos – 2013
R$ 1.328.281,08

2014
Investimentos em infraestrutura já assegurados para atenção básica
R$ 2.833.545,00


2013
Reforma de UBSs
UBS Dr. Moisés Costa Lopes (Redenção I)
UBS Dr. Epítácio da Costa Carvalho (Costa e Silva)
UBS Dr. Chico Porto (Ouro Negro)
UBS Francisco Neto da Luz (Riacho Grande)
UBS Raimundo Rene Carlos Castro (Boa Vista)

Ampliação de UBSs
UBS Marcos Raimundo Costa (Belo Horizonte)
UBS Dr. Ildone Cavalcante de Freitas (Barrocas)
Investimento: R$ 593.281,08

2014
Reforma de UBSs
Abolição II, Aeroporto II, Alto da Conceição, Apodi (zona rural), Barrocas, Lagoa do Mato, Maisa (zona rural), Santa Delmira, Santo Antônio, São Manoel, Walfredo Gurgel, Jucuri (zona rural), Passagem de Pedras (zona rural);

Ampliação de UBSs
Abolição IV, Bom Jesus, Dom Jaime Câmara, Santo Antônio
Investimento: R$ 1.077.545,00
Construção de UBSs
Alagoinha (zona rural), Santa Delmira, Bom Jesus e Walfredo Gurgel
Investimento: R$ 1.756.000,00

Prefeitura amplia estrutura de atendimento na Maternidade Almeida Castro


Na mesma solenidade em que anunciou o investimento de mais de R$ 3 milhões na reforma, ampliação e construção de Unidades Básicas de Saúde (UBS), a prefeita Cláudia Regina anunciou que o município está investindo R$ 735 mil na ampliação no quadro de obstetras para atendimento a parturientes na Maternidade Almeida Castro, vinculada à Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM).

Através de termo de cooperação com a Apamim e com o Núcleo de Obstetrícia, a Secretaria Municipal da Saúde vai contratar os serviços médicos de obstetrícia para atender a parturientes que necessitem dos serviços públicos de saúde em Mossoró.

O termo garante também a duplicação no número de obstetras de plantão e a realização de investimentos na infraestrutura e instrumentos de serviços da Maternidade Almeida Castro. “É mais uma ação importante para garantir o melhor atendimento à gestante em Mossoró, e isso tem sido uma determinação da prefeita Cláudia Regina desde o início de sua gestão”, comentou a secretária da Saúde, Jaqueline Amaral


Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

Nenhum comentário: