terça-feira, 16 de abril de 2013

Fafá Rosado diz que tem até o mês de setembro para decidir


“Não houve convite oficial, mas aconteceu uma conversa favorável para que isso possa acontecer”. Foi o que disse a ex-prefeita Fafá Rosado (DEM), de Mossoró, ao ser perguntada sobre a questão envolvendo a sua suposta ida para o PMDB.

Ela comentou que o tema está sendo analisado e foi mais além: “Já aconteceram conversas com o PV, bem como com o deputado federal João Maia (PR) e com Ricardo Motta (presidente da Assembleia Legislativa e que controla o PMN e PP)”, disse.

Sobre o PMDB, a ex-prefeita enfatizou que o Rio Grande do Norte sabe da sua afinidade com o ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho (PMDB). “Como já fiz parte do PMDB, é natural (que se especule seu retorno).”

Em seguida, a ex-prefeita frisou que é bem tratada no Democratas e que tem afinidade com o senador José Agripino Maia, com a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e com o ex-deputado estadual Carlos Augusto. “Vamos conversar e o partido que for melhor para Fafá representar Mossoró e o RN, esse será a opção. Tenho até setembro para definir”, afirmou.

Na noite da sexta-feira, quando da visita do presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves (PMDB), a Mossoró, Fafá Rosado recebeu atenção especial dele, a ponto de em determinado momento do evento realizado na Estação das Artes Elizeu Ventania, onde Henrique lançou seu livro (O que eu não quero esquecer), dizer para a ex-prefeita: “O bom filho à casa retorna.” Uma clara alusão à ida dela ao PMDB.
Fafá Rosado não escondeu que existe interesse do PMDB. “As conversas têm essa intenção. A amizade e o querer independem de ir para o PMDB”, disse.

Nenhum comentário: