terça-feira, 28 de agosto de 2012

‘Terei uma atenção especial para a área de educação’


Ex-secretário municipal da Cidadania, Francisco Carlos de Carvalho tenta chegar à Câmara Municipal pelo Partido Verde (PV), cuja legenda ele acredita que elegerá três vereadores nas eleições deste ano. Francisco Carlos é o terceiro candidato a enviar respostas de perguntas encaminhadas pelo blog às assessorias de imprensa das coligações partidárias. Acompanhe abaixo a entrevista:


O que o levou a escolher a disputa proporcional?
Para dar continuidade ao trabalho que realizei na Secretaria da Cidadania, nas áreas de educação, saúde, cultura, desenvolvimento social e esporte. Contribui para a realização de uma grande obra, sob o comando de Fafá Rosado. Implantamos o pró-superior, a carteira gratuita para estudantes da rede municipal, a educação em tempo integral, a Lei de Responsabilidade Educacional e construímos 14 escolas entre muitas outras realizações e a Escola de Artes. Na saúde, implantamos 17 novos serviços, incluindo as 2 UPAs e 13 Centro de Referência da Assistência Social. Desejo continuar esse trabalho.

Embora o papel do vereador seja legislar (elaborar leis e fiscalizar o Executivo), algumas ações podem ser defendidas ou concretizadas por meio do mandato parlamentar. Quais setores o senhor destacaria, nesse sentido?
Como parlamentar, estarei atento para contribuir em todas as áreas de interesse do mossoroense. Agora, terei uma atenção especial para a área de educação, que é a base do qualquer projeto de desenvolvimento, por meio da qual melhoramos os serviços nas demais áreas.

A disputa para a Câmara Municipal é acirrada, já que a 'briga' começa entre os candidatos do próprio partido. Como se pode vislumbrar uma concorrência leal?
Está acontecendo um fato muito interessante no Partido Verde de Mossoró. Algo incomum em termos partidários, especialmente em período eleitoral. No PV, os candidatos estão unidos em torno de um projeto partidário. A disputa é sadia, com cada um respeitando os espaços dos demais. Estamos certos que estamos re-construindo um Partido e vamos formar uma bancada com 3 vereadores.

Na sua opinião, qual o principal desafio do próximo prefeito ou prefeita de Mossoró?
A cidade experimenta o melhor ciclo de desenvolvimento dos últimos 40 anos. Prolongar esse ciclo de desenvolvimento econômico e social é o maior desafio. Não é fácil. É necessário preparo técnico e político, aliado a um excelente conhecimento da cidade e da estrutura administrativa da cidade. É preciso ter foco, saber o que é importante e o que possível. Acredito que o grupo político do qual faço parte reúne as melhores características para fazer Mossoró continuar avançando.

Nenhum comentário: