terça-feira, 10 de julho de 2012

Espaço aberto, democrático e sem agressões

Aos leitores grossenses que queiram participar do blog, comentando notícias postadas neste espaço, um conselho: não enviem agressões ao blog e nem a quem quer que seja. O espaço não é afeito ao descalabro verbal. 

O que o blog publicou foi somente decisão do TCU sobre algo antigo, mas que se encaixa perfeitamente no que preceitua a Lei da Ficha Limpa. Ou seja: qualquer político que tiver contas reprovadas por qualquer colegiado estará, automaticamente, inelegível por oito anos.

No caso do ex-prefeito de Grossos, o processo é de 2004. Tomando como base o prazo da inelegibilidade, João Dehon estaria fora da disputa eleitoral. E seria por apenas três dias. É que o TCU atualizou as contas consideradas irregulares e datou de 10 de outubro de 2004 a 10 de outubro de 2012. As eleições deste ano ocorrem em 7 de outubro. Em tese, entende-se que João ficaria fora da disputa por questão de três dias.

O espaço está aberto para esclarecimentos da assessoria jurídica do candidato João Dehon da Silva, que ainda segue na disputa, já que a Justiça Eleitoral não se pronunciou a respeito da sua situação.


Nenhum comentário: