terça-feira, 5 de junho de 2012

PSB fecha aliança com PTB, PHS e PP na proporcional


Enquanto PT, PDT e PC do B sequenciam seus planos para vencer, cada qual com suas armas, a indicação do candidato a vice da chapa encabeçada pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB), pré-candidata ao Palácio da Resistência, o presidente local do PSB, vereador Lairinho Rosado, focaliza nas definições relacionadas à chapa proporcional.

Ontem, ele afirmou que a questão do nome do candidato a vice-prefeito será anunciado ao longo da semana, mas que não poderia comentar sobre o assunto em virtude de estar agilizando aliança para os candidatos à Câmara Municipal de Mossoró. Nesse sentido, afirmou que o PSB seguirá na aliança proporcional com o PTB, PHS e PP.

Segundo Lairinho Rosado, a chapa da qual o PSB fará parte sairá com 42 candidatos. Dos 12 partidos que integram a aliança na majoritária, a legenda pessebista escolheu os que podem somar ao projeto de manter a cadeira na Casa e ampliar o número de vagas no Legislativo.

Com relação à chapa majoritária, o presidente local do PSB informou que os partidos que têm interesse em indicar o candidato a vice-prefeito estão conversando entre si e disse que a convenção que homologará a candidatura de Larissa Rosado ao Palácio da Resistência será realizada em 23 ou 30 de junho. “A gente está vendo a questão legal”, comentou. Ele se referiu ao tempo de registro das candidaturas.

GOVERNISTA
No grupo governista, o PV é o único partido que definiu seus pré-candidatos à Câmara Municipal. O presidente local da legenda, Francisco Carlos, informou que a chapa será completa e que o partido não deve se coligar com outra agremiação partidária.

“Já definimos os pré-candidatos e fizemos o sorteio prévio dos números que eles usarão na campanha para que possam se acostumar e trabalhá-lo durante o período eleitoral”, informou Francisco Carlos, acrescentando que o PV já passou da fase de preparação dos pré-candidatos e que o estágio atual se volta às estratégias da campanha propriamente dita.

Ele disse que a campanha proporcional é diferente da majoritária e que o diretório local do Partido Verde intensifica a organização relacionada à convenção que oficializará as candidaturas à Câmara Municipal de Mossoró.

Pelo Democratas, a chapa a ser apresentada tende a ser forte, já que o partido conta três vereadores e ex-vereadores têm interesse em retornar à Casa, como Arlene Sousa. No lugar de Chico da Prefeitura, que se recupera de problemas cardíacos e não participará das eleições, o DEM homologará a candidatura de Dão Dantas da Rocha – irmão do parlamentar.

No PMDB, que conta dois vereadores, a situação é similar ao DEM. A presidente local da legenda, ex-vereadora Izabel Montenegro, o ex-secretário municipal de Serviços Públicos Alex Moacir e o suplente de vereador Arlindo Fulgêncio são alguns dos postulantes ao Palácio Rodolfo Fernandes.

Fonte: Jornal de Fato 

Nenhum comentário: