quarta-feira, 6 de junho de 2012

Procura-se o vice

O pré-candidato a vice-prefeito da chapa encabeçada pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB), ex-reitor Josivan Barbosa de Menezes (PT), mergulhou. Ele não atende celular e não compareceu à reunião realizada na tarde da terça-feira (5/6), na qual seu nome foi indicado por todos os partidos de oposição.

Ao que parece, o ex-reitor teria sentido o peso da sua mudança repentina de discurso. Ou melhor:  de comportamento político. Isso pesou sobre os ombros do ex-reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa).

Tanto que, no auge da definição dos partidos e do bombardeio que vinha sendo deflagrado por quem o apoiava antes, uma ligação ao marqueteiro do PSB, jornalista Phabiano Santos, foi feita. Contudo, o Fabiano que atendeu foi outro. Não o Santos. No outro lado da linha, uma pessoa pedia conselhos e orientação para que Josivan pudesse sair do imprensado.

Antes de optar pela candidatura a vice-prefeito, Josivan atendia toda e qualquer ligação telefônica feita pela imprensa. Agora, depois que tomou sua decisão, tida como inapropriada e equivocada por alguns, o homem sumiu. Nem a pré-candidata Larissa Rosado o encontrou para a tradicional foto e a assessoria do PSB teve que se virar e enviar aos jornais uma imagem antiga dos dois.

Nenhum comentário: