quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Vereadora pede atenção à saúde da mulher

A vereadora Cláudia Regina, que é vice-presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da CMM e membro do Comitê de Combate à Mortalidade Materna usou a tribuna da Câmara Municipal para defender a importância da qualidade do serviço de saúde prestado à mulher.


Mossoró conta com uma rede de serviços na área da saúde da mulher que mesmo abrangente necessita quebrar limites e vencer algumas questões. "Precisamos ampliar o acesso ao planejamento contraceptivo, a prevenção à gravidez precoce, o acesso das gestantes ao pré-natal de baixo risco, melhorar a qualidade do pré-natal de alto risco, serviço seguro de obstetrícia, novo credenciamento de leitos de UTI neonatal e pediátrica entre outras ações", afirma a vereadora.

A atenção obstétrica continua sendo um desafio na área da saúde da mulher que necessita de solução urgente. A implantação do Hospital Materno-Infantil de Mossoró, compromisso assumido pela governadora Rosalba e pela prefeita Fafá, levará algum tempo para vencer os trâmites burocráticos e tornar-se realidade. Diante disso, a vereadora Cláudia Regina conclamou a união de esforços para que em nome da saúde das mulheres fosse reforçada as únicas estruturas existentes na área da obstetrícia na cidade: a da Casa de Saúde Dix-sept Rosado e Hospital da Polícia Militar.

Nesse sentido, a vereadora encaminhou requerimento ao Governo do Estado, subscrito por todos os demais vereadores, solicitando a adoção em caráter emergencial de um sistema de financiamento para potencializar os serviços já prestados pela Casa de Saúde Dix-sept Rosado e pelo Hospital da Polícia Militar.

"Como mulher, e vereadora, quero contribuir para a melhoria da qualidade da assistência prestada às mulheres na perspectiva da saúde, como direito de cidadania. Acredito que juntos podemos discutir todas essas questões e encontrar alternativas de solução, visando oferecer à mulher mossoroense uma saúde de qualidade", disse a vereadora.
 
Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: