terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

MEIOS morrerá de 'inanição financeira'

Como a imprensa da capital tem informações privilegiadas sobre as decisões do Governo, o blog acreditou no que leu dia desses no Panirama Político, da jornalista Anna Ruth Dantas, que também escreve para a Tribuna do Norte. Ela afirmou que o governo Rosalba Ciarlini já havia decidido acabar com o Movimento de Integração e Orientação Social (MEIOS).

Como, em um passado bem recente, este tipo de informação era quase exclusiva de determinado blog, este espaço acreditou no que a colega Anna Ruth havia dito. Contudo, nesta tarde veio a negativa do Governo do Estado.

Coube ao secretário-chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, negar tal decisão. E mais: disse que não cabe ao governo acabar e nem manter o MEIOS. Oxe! E o que danado ocorreu? Simples: em outras palavras, Fernandes deixou claro que a entidade não terá verba para se manter e, consequentemente, será extinto por si só. Tipo morrer de "inanição" financeira.

O secretário foi claro. O governo não vai direcionar um centavo para a manutenção do MEIOS. Quem quiser espernear, que fique à vontade.

É bem verdade que o MEIOS foi transformado em cabide de emprego e, consequentemente, eleitoral. Mas ali estão dezenas ou centenas de trabalhadores/trabalhadoras que dependem exclusivamente dali. Não creio que o governo queira fomentar a exclusão em um momento em que tanto se fala em parceria e geração de emprego e renda.

Nenhum comentário: