quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Grupo Mizu comunica a Rosalba que levará duas fábricas para Baraúna


A governadora eleita Rosalba Ciarlini recebeu em Brasília, diretores do grupo Mizu, do Espírito Santo, nesta quarta-feira. Eles foram anunciar para março, o funcionamento da fábrica de cimento em Baraúna e dar uma outra boa notícia: a empresa também vai construir uma fábrica de cal para uso industrial, no município.

Com investimentos de R$ 370 milhões, a fábrica de cimento vai ofertar 1.200 empregos diretos e indiretos e produzirá 3 mil toneladas do produto, por dia, correspondendo a 180 mil sacos de cimento.

Os representantes da Mizu esperam dobrar a produção que a princípio será de 1.100 milhão de toneladas, num prazo de 5 anos. A fábrica de cimento de Baraúna é a quinta do Grupo. A empresa está instalada em Mogi das Cruzes (SP), Pacatu (SE), Campo Grande ( RJ) e Vitória (ES).

O projeto da fábrica de cal está pronto e será executado já no próximo ano, dentro da mesma área da unidade de cimento. A atuação abrangerá os Estados do CE,MA,PA,TO,PI, SE,BA.

Elogiando o empreendedorismo do grupo Mizu, Rosalba disse que estava entusiasmada em poder iniciar o governo com uma nova fábrica em funcionamento e uma outra projetada para breve.

A governadora adiantou que quer manter parcerias com as indústrias para a preparação da mão-de-obra, através de cursos de qualificação. Os diretores da Mizu, Roberto Oliveira e Ricardo Cipriano e Gilberto Cipriano e o líder do projeto, José Antero, chegaram ao gabinete de Rosalba com o ex-deputado Benito Gama. O deputado Betinho Rosado e o assessor Obery Rodrigues também participaram da reunião.

Nenhum comentário: