terça-feira, 8 de setembro de 2009

Deputado chama secretário de incompetente

Se na Câmara de Mossoró a coisa não está boa, na Assembleia Legislativa a situação pareceu bem pior. No popular: briga de gente grande. Na sessão desta tarde, o deputado estadual Álvaro Dias (PDT) disse cobras e lagartos contra o secretário estadual de Saúde, George Antunes. Classificou o secretário de incompetente.

Álvaro baseou seu discurso na realidade do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, onde a situação realmente é periclitante. Mas não precisamos ir a Natal para saber que a saúde está vergonhosa. Em Mossoró mesmo, no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) o caos impera.

Em Pau dos Ferros, no Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos, idem.

O discurso do deputado pedetista foi certeiro. É preciso o Governo sair do faz-de-conta e encarar a realidade. A saúde precisa ser tratada como a população merece.

Pelo lado político, o desabafo de Álvaro Dias coloca o PDT em situação delicada. É que o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, que assumirá o partido para tentar um lugar ao sol nas eleições de 2010, fica com chances reduzidas de concretizar uma aproximação. O discurso de Álvaro pode cheirar a uma retaliação ao governo Wilma, que tem escanteado o ex-prefeito. Pode ser que seja essa a leitura. Pode ser.

Nenhum comentário: