quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Clima tenso na Câmara de Mossoró

O clima está tenso na Câmara Municipal de Mossoró. Acusações de cheques sem fundos e atos secretos pesam contra o presidente da Casa, Claudionor dos Santos (PDT). São 10 cargos que ninguém sabe quem ocupa.

O vereador Jório Nogueira (PDT) diz que Claudionor faz uma administração individualista e não tem transparência nos atos da Casa.

Nenhum comentário: