terça-feira, 21 de julho de 2009

Carlos Eduardo cobra posicionamento de Wilma


A antecipação de nomes definidos às eleições de 2010, por parte do PSB - já que a declaração de que o vice-governador Iberê Ferreira de Sousa é o candidato do partido foi feita pelo deputado estadual Gustavo Carvalho (da executiva estadual do PSB) - continua provocando reações.


Depois do deputado federal João Maia e do presidente da Assembleia Legislativa, Robinson Faria, se pronunciarem e reafirmarem o pacto de união para 2010, agora foi a vez do quarto nome governista a se pronunciar.


O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) afirmou, em sua página na internet (http://www.carloseduardoalves.com.br/) que é preciso a governadora Wilma de Faria, na qualidade de presidente estadual do PSB, apagar a fogueira: “na hora que vem um deputado estadual dizendo que o candidato deve ser Iberê acho que a governadora deve se pronunciar. Resta saber se esse é o ponto de vista da governadora”, disse o ex-prefeito.


Carlos Eduardo completa: “se o deputado falou exclusivamente em seu próprio nome como afirma, acho que a governadora deveria de público desautorizar as declarações dele porque essa entrevista de Gustavo precipitou a sucessão trazendo problemas de ordem política para a liderança da governadora que é quem deve coordenar a sua sucessão.”


É um assunto que não deve acabar tão cedo.